Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/134
Tipo: Dissertação
Título: Estudo do absenteísmo na equipe de enfermagem de um Hospital de Ensino
Título(s) alternativo(s): Study of absenteeism in the nursing team of a College Hospital
Autor: Abreu, Renata Maria Dias de 
Primeiro orientador: Simões, Ana Lúcia de Assis
Resumo: O absenteísmo entre os profissionais de enfermagem tem sido uma preocupação constante dos gestores hospitalares, o que gera a necessidade de aprofundamento no conhecimento de suas causas e de ações para redução dos índices de ocorrência no âmbito hospitalar. Este estudo descritivo-exploratório teve como objetivo analisar os fatores que interferem na ocorrência do absenteísmo entre os profissionais de enfermagem do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. A pesquisa foi realizada em duas etapas. A primeira objetivou verificar o índice de absenteísmo e identificar e analisar a principal categoria de absenteísmo entre os profissionais de enfermagem. Na segunda etapa, identificar os motivos atribuídos pelos profissionais de enfermagem para as faltas no trabalho e descrever as alternativas propostas por estes para a redução do absenteísmo. Os dados foram coletados no período de fevereiro a junho de 2009, a partir dos relatórios mensais referentes aos meses de janeiro a dezembro de 2008, confeccionados pela Diretoria de Enfermagem e nos registros do Núcleo de Assistência a Saúde e Educação e Departamento Médico da Fundação de Ensino e Pesquisa de Uberaba. Posteriormente foram submetidos à análise estatística descritiva. A amostra desta primeira etapa contemplou 383 profissionais que apresentaram ausências não previstas, sendo 52 (13,58%) enfermeiros, 182 (47,52%) técnicos de enfermagem, 131 (34,20%) auxiliares de enfermagem e 18 (4,70%) auxiliares de saúde. Totalizaram 1609 ausências, representando 9843 dias perdidos no trabalho. As ausências foram classificadas em categorias: absenteísmo doença (62,27%); absenteísmo legal e compulsório, incluindo as faltas abonadas (22,19%), licença nojo (1,80%), doação de sangue (0,87%), licençanatalidade (0,81%) e licença gala (0,62%) e absenteísmo voluntário, incluindo as faltas injustificadas perfazendo (11,44%), O índice de absenteísmo foi de 5,62%, prevalecendo entre os auxiliares de enfermagem, sexo feminino, idade entre 30 a 39 anos, servidores efetivos, turno noturno, com um vínculo empregatício e com período de afastamento curto (1 a 3 dias). O afastamento por adoecimento compreendeu a principal categoria de ausências, onde prevaleceram os problemas osteomusculares e do tecido conjuntivo (18,86%). A unidade de origem com maior índice de absenteísmo foi a de Terapia Intensiva Adulto (8,64%). Na segunda etapa, participaram 29 profissionais de enfermagem lotados na Unidade de Terapia Intensiva Adulto. Para a coleta dos dados, foram realizadas observações diretas e não sistematizadas na unidade e grupos focais com os profissionais. As informações foram submetidas à técnica de análise de conteúdo na modalidade temática, de onde emergiram os temas: O absenteísmo para os profissionais de enfermagem e Alternativas para minimizar o absenteísmo. Os resultados evidenciaram os motivos para a ocorrência do absenteísmo, dentre eles: ambiente físico da UTI, modelo centralizado de gestão, relacionamento interpessoal ineficaz, sobrecarga de trabalho, desorganização do serviço e questões pessoais e familiares. Destacaram como sugestões para minimizar sua ocorrência: gestão participativa; trabalho em equipe; organização do serviço e suporte terapêutico para os profissionais da UTI. Concluiu-se que a ocorrência do absenteísmo traz implícitas questões subjetivas que envolvem múltiplas dimensões, entre elas, as relações interpessoais, as condições de trabalho e os processos de gestão, que não podem ser elucidadas somente pela perspectiva quantitativa. Os resultados deste estudo poderão contribuir para o planejamento e implementação de medidas preventivas para redução do absenteísmo no hospital e também de outros contextos, especificamente na intervenção sobre os fatores multicausais, através de ações direcionadas às necessidades dos profissionais e da instituição.
Resumo: The absenteeism among the nursing professionals has been of great concern within hospital manegement, which generates the need to deepen the knowledge related to its causes and also actions to reduce the indexes of occurance in hospitals. This descriptive and explanatory study aimed at analysing the factors which interfere in absenteeism taking place among the nursing professionals of Hospital de Clínicas, Federal University of Triangulo Mineiro. This research was done in two stages. The first one aimed at checking the index of absenteeism, as well as identifying and analysing the main category of absenteeism among nursing professionals. In the second stage, the aim was identify the reasons ascribed by nursing professionals for their absences at work, and describe the alternatives proposed by them to reduce absenteeism. The data were collected from February to June, 2009, based on monthly reports of the year 2008. They were done by the Nursing Directory and found in the registers of Division of Medical Assistance and Education and the Medical Department of Foundation Teaching and Research of Uberaba. They were later undergone statistics and descriptive analysis. The sample of this first stage contemplated 383 professionals who had unpredictable absences. Among whom 52 (13,58%) were nurses, 182 (47,52%) were nursing technicians,131 (34,20%) were nursing assistants and 18 (4,70%) were health assistants. There were 1609 absences all together, representing 9843 days that were lost at work. The absences were classified into categories: illness absence (62,27%); absenteeism legal and compulsory, including excused absence (22.19%), mourning leave (1,80%), blood donation (0,87%), maternity leave (0,81%), and marriage leave (0.62%) and voluntary absenteeism, including unjustified absences totaling (11.44%). The absenteeism index was 5,62%, and the most affected category was the nursing assistants, female, aged between 30 to 39, with permanent jobs, working the night shift with a short period of absence ranging from 1 to 3 days. The absence due to illness reasons happened mainly because of osteomuscle problems and also the conjunctive tissue (18,86%). The origin unit with the highest level of absenteeism was the Intensive Care Adult (8,64%). In the second stage, 29 nursing professionals took part and they were loaded in the Intensive Care Unit Adult. In order to gather the data, direct observations were carried out and not systematized in the unit and also focal groups within the professional. All the information underwent the content analysis technique in theme modality, from where these topics were raised: the absenteeism for the nursing professionals and alternatives to minimize absenteeism. The results showed the following risk factors for absenteeism occurance: The physical environment of the ICU; centralized model of manegement, poor interpersonal relationship, overwork, disorganisation of service, personal and family matters. Some suggestions were pointed out to minimise the occurance: participative manegement, team work, service organisation, therapeutic support for ICU professionals. It was concluded that absenteeism occurance creates implicit subjective questions which envolve multiple dimensions, among which there are the interpersonal relationships, working conditions and the management processes, which can not be seen only by a quantitative perspective. The results os this study may contribute to the planning and implementation of preventive measures in order to reduce absenteeism in the hospital as well as in other contexts, specifically in the intervention about multi-cause factors, through directed actions towards the needs of the professionals and the institution.
Palavras-chave: Enfermagem
absenteísmo
saúde do trabalhador
administração de recursos humanos em hospitais.
Nursing
absenteeism
workers health
human resources
Área do CNPQ: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Idioma: por
País: BR
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Enfermagem
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde
Citação: ABREU, Renata Maria Dias de. Study of absenteeism in the nursing team of a College Hospital. 2009. 119 f. Dissertação (Mestrado em Atenção à Saúde das Populações) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Data do documento: 14-Dec-2009
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Renata.pdf817,08 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.