Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/164
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação dos benefícios da hidroterapia em recé-nascidos hospitalizados.
Título(s) alternativo(s): Estimate of hydrotherapy benefits in hospitalizeds newborns.
Autor: Barbosa, Luana Pereira Cunha
Primeiro orientador: Weffort, Virgínia Resende Silva
Resumo: Até a década de 70, acreditava-se que os recém-nascidos não sentiam dor e nem tinham memória dolorosa. Nas últimas duas décadas, esforços vêm sendo realizados no que tange à introdução de conceitos relacionados à humanização e aos cuidados centrados no desenvolvimento neuropsicomotor. À atenção especial a dor e às técnicas que visem diminuí-las pode ser o início para a melhoria da qualidade de vida dos recém-nascidos internados em unidades neonatais. A hidroterapia tem sido utilizada como ferramenta terapêutica há milhares de anos. Ela tem como objetivos promover o relaxamento, melhorar a circulação, restaurar a mobilidade, alongar os músculos, reabilitar, melhorar a coordenação e função motora, além de promover recreação. Este estudo quase experimental teve como objetivo avaliar a influência da hidroterapia em recém-nascidos hospitalizados. Os dados foram coletados em um período de quatro meses consecutivos, por meio de instrumento que abordou os aspectos relacionados ao nascimento, à internação e à frequência cardíaca, frequência respiratória, saturação de oxigênio, cortisol salivar e escala de dor Neonatal Infant Pain Scale. A população foi composta de todos os recém-nascidos que preenchiam os critérios de inclusão, totalizando dez recémnascidos. Posteriormente, foram submetidos à análise estatística; utilizou-se medidas de tendência central e variabilidade para variáveis quantitativas; na análise inferencial para as medidas de frequência cardíaca, frequência respiratória e saturação de oxigênio, incluiu o teste T-pareado para dois grupos e análise de variância com medidas repetidas para três ou mais grupos. Já na análise inferencial da escala de dor Neonatal Infant Pain Scale e para o cortisol, utilizou-se o teste dos sinais e ANOVA-Friedman para três grupos ou mais. Para múltiplas comparações utilizou o teste de Dunn. A média da saturação dos recém-nascidos antes da hidroterapia era de 94,3% e após a hidroterapia subiu para 97,5%, a frequência cardíaca variou de 144,8 batimentos por minuto para 129,7 batimentos por minuto, a frequência respiratória teve variações de 46,8 incursões respiratórias por minuto para 38,9 incursões respiratórias por minuto, e os valores da escala de dor se mantiveram abaixo de três após a hidroterapia, indicando que logo depois do procedimento, os recém-nascidos não sentiam dor e estavam mais relaxados. Os dados evidenciaram que os níveis de cortisol salivar para a avaliação sem a hidroterapia, aumentaram em média, de 2,9 nmol/L às 7h30min para 4,4 nmol/L às 8 horas. Após os recém-nascidos serem submetidos à hidroterapia, os níveis de cortisol salivar tenderam a diminuir de 4,5 nmol/L para 3,4 nmol/L. Conclui-se que a hidroterapia pode ser sugerida como um método seguro no tratamento da dor em recém-nascidos, e pode ser incorporada como tratamento rotineiro para minimizar a dor aguda em unidades de terapia intensiva e semi-intensiva neonatais.
Resumo: Until decade of 70 , it was believed that newborns do not have pain or pain memory. Last two decades, it has been done an effort to introduce concepts related to humanization and care based on growing. A special attention to pain and to methods that intend to decrease it may be the beginning of better life quality to newborns under neonatal units care. Hydrotherapy has been used as a therapeutic tool for a million years. I has the intention to provide relax, better blood circulation, to repair mobility, to stretch out one s muscles, to rehabilitate, to improve coordination and function, beyond of promoting recreation. This study, almost experimental, had the goal to evaluate the influence of hydrotherapy on hospitalized newborns. The data were obtained on four consecutive months, through a tool of obtained data according to characteristics related to birth, hospitalization and other obtained data: cardiac frequency, respiratory frequency, oxygen saturation, saliva cortisol and Neonatal Infant Pain Scale-NIPS. The population was constituted of all newborns that filled inclusion criteria, totalizing ten newborns. Later, they were submitted to statistic analysis, using measures of central tendency and variability to quantitative changes to inferential analysis for measures to cardiac frequency, respiratory frequency and oxygen saturation, including T-paired test for two groups and analysis of variance with the same measures for three or more groups. The inferential analysis of NIPS and cortisol used signals test and ANOVA-Friedman for three or more groups. It was used Dunn s test for multiple comparisons. The newborns saturation average was 94.3% before hydrotherapy and after the procedure it increased to 97.5%, the cardiac frequency fluctuated from 144.8 hear beats per minute to 129.7 beats per minute, the respiratory frequency varied from 46.8 breathes per minute to 38.9 breathes per minute and the pain scale values stand under three after hydrotherapy, showing that immediately after the procedure, newborns do not feel pain and were more relaxed. Data showed that saliva cortisol levels for evaluation without hydrotherapy, increased on average of 2.9nmol/L at 7:30 minutes to 4.4nmol/L at 8 o clock. After newborns were submitted to hydrotherapy, saliva cortisol levels tended to decrease from 4.5nmol/L to 3.4nmol/L. In conclusion, hydrotherapy may be suggested as a safe method to manage pain in newborn patients, it can be used as an ordinary therapy to minimize acute pain in intensive and semi-intensive therapy newborns units.
Palavras-chave: recém-nascido
hidroterapia
hidrocortisona
saliva
dor
estresse
Newborn
Hydrotherapy
Saliva
Hydrocortisone
Pain
Stress
Área do CNPQ: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: BR
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Atenção à Saúde das Populações
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde
Citação: BARBOSA, Luana Pereira Cunha. Estimate of hydrotherapy benefits in hospitalizeds newborns.. 2012. 67 f. Dissertação (Mestrado em Atenção à Saúde das Populações) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Data do documento: 30-Nov-2012
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert LUANA PEREIRA.pdf3,39 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.