Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/18
Tipo: Tese
Título: Detecção de complemento - C4d em capilares peritubulares e análise morfológica de biópsias de enxerto renal
Autor: Faleiros, Ana Carolina Guimarães 
Primeiro orientador: Reis, Marlene Antônia dos
Resumo: O C4d é um produto da degradação do componente C4 da via clássica do complemento e permanece no local da ativação ligado covalentemente ao tecido na interface entre endotélio e membrana basal. A deposição de C4d em capilar peritubular tem sido descrita em enxerto renal e isso representa a resposta imune humoral contra o rim transplantado. Nossos objetivos foram caracterizar clínico e epidemiologicamente os pacientes transplantados renais do Serviço de Nefropatologia da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, bem como, analisar suas biópsias morfologicamente e por imunohistoquímica para C4d e classificar o diagnóstico de acordo com Banff 07. Para análise da fibrose utilizamos fragmentos corados com Picro-sírius. As lâminas foram visualizadas sob luz polarizada, com objetiva de 40x e calculamos o percentual de fibrose por área do campo analisado (%F) utilizando os programas KS300 e ImageJ. Para a detecção de C4d peritubular utilizamos a técnica de imunoperoxidase com anticorpo primário anti-C4d. Para a detecção de IgA, IgG, IgM, C3 e C1q foi utilizada técnica de imunofluorescência direta. As lâminas foram visualizadas em microscópio para fluorescência e analisadas segundo sua positividade, a forma e o local do depósito. Os diagnósticos foram dados de acordo com o resultado do C4d (C4d0, C4d1, C4d2 e C4d3) e classificados segundo Banff 07. A média de idade foi de 41,1 anos e teve correlação positiva com a %F (r=0,452, p=0,005). A mediana da %F foi de 1% no grupo C4d0, 1% no C4d1, 2% no C4d2 e 3% no C4d3 (H=3,4, p=0,32) e a correlação entre a intensidade de fibrose e a deposição de C4d foi positiva (r=0,264, p=0,113). Dentre os diagnósticos a RMA representa 36,7%, RMC 16,7%, BOR 25%, FIAT 18,3%. Sendo que, o grupo RAMA teve mediana de fibrose de 2%, RAMC 1%, RCMA 5%, BOR 2,5%, FIAT 4%, O 1 (H=6,484 ; p=0,166). Ocorreu positividade para IgA, IgM e C3 nos grupos C4d0, 1, 2 e 3, IgG e fibrinogênio nos grupos C4d2 e 3, C1q nos grupos C4d1, 2 e 3. O grupo que apresentou maior porcentagem de fibrose foi o C4d3, que também teve níveis mais elevados de creatinina, e houve uma correlação positiva da fibrose com a intensidade de deposição de C4d. O C4d é um importante marcador de resposta imune humoral e foi imprescindível para determinarmos os diagnósticos de rejeição humoral, porém, apresenta suas limitações. A co-expressão de C4d com IgG e C3 indica que a via clássica do complemento poderia estar sendo ativada. A relação entre C4d, fibrose e creatinina pode estar indicando diminuição da função renal e pior prognóstico.
Resumo: C4d is the degradation product of the activated complement factor C4, a component of the classical complement cascade which is covalently bound to the tissue at the interface between endothelium and basement membrane. C4d deposition in peritubular capillaries has been described as a marker of humoral renal graft rejection. The objectives of this study were to characterize the epidemiological and clinical features of kidney transplant patients of the Nephropathology Department of the University of Triangulo Mineiro, and to analyze morphologically and by immunohistochemistry for C4d their biopsies to classify it according to Banff 07.To analyze the fibrosis the fragments were stained with Picro-sírius. The slides were viewed under polarized light with the 40x objective and calculate the percentage of fibrosis per area of the examined field (% F) using KS300 and ImageJ programs. For peritubular C4d detection was used the technique of immunohistochemistry with primary antibody anti-C4d. For detection of IgA, IgG, IgM, C3 and C1q was used direct immunofluorescence technique. The slides were viewed by fluorescence microscope and analyzed according to their positivity and site of deposit. The diagnoses were made according to the presence of C4d (C4d0, C4d1, C4d2 and C4d3) and classified according to Banff 07. The mean age was 41.1 years and had positive correlation with the percentage of fibroses (r = 0,452, p = 0005). The median of the percentage of fibrosis was 1% in the group C4d0, 1% in C4d1, 2% in C4d2, and 3% in C4d3 (H = 3.4, p = 0.32) and the correlation between the intensity of fibrosis and deposition of C4d was positive (r = 0,264, p = 0113). Between the diagnosis, rejection mediated by antibodies (RMA) represented 36.7%, rejection mediated by cells (RMC) 16.7%, borderline lesions (BL) 25% and interstitial fibrosis/tubular atrophy (TF/TA) 18,3%. Comparing according to the type of diagnosis, the mean fibrosis for ARMA was 2%, ARMC 1%, CRMA 5%, BL 2.5%, TF/TA 4% and others 1% (H = 6.484, p = 0.166). There was positivitity for IgA, IgM and C3 in groups C4d0, 1, 2 and 3, for IgG and fibrinogen in groups C4d2 and 3, and for C1q in groups C4d1, 2 and 3. C4d3 group showed a higher percentage of fibrosis, with elevated serum creatinine levels, and a positive correlation between fibrosis and intensity of C4d expression. C4d is an important marker of humoral renal graft rejection and essential to determine the diagnosis, however, it has some limitations. The co-expression of C4d with IgG and C3 could indicate the activation of the classical complement pathway. The relation between C4d, fibrosis and creatinine levels may be indicative of renal function decline and worse prognosis.
Palavras-chave: Transplante de Rim
Kidney Transplantation
Área do CNPQ: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::ANATOMIA PATOLOGICA E PATOLOGIA CLINICA
Idioma: por
País: BR
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Patologia Geral
Programa: Programa de Pós-Graduação em Patologia
Citação: FALEIROS, Ana Carolina Guimarães. Detecção de complemento - C4d em capilares peritubulares e análise morfológica de biópsias de enxerto renal. 2009. 87 f. Tese (Doutorado em Patologia Geral) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Data do documento: 29-Apr-2009
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Patologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_AnaCaroFaleirosDO.pdf1,83 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.