Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/81
Tipo: Dissertação
Título: Atividade física, comportamento sedentário e a sintomatologia depressiva em idosos
Autor: SANTOS, Douglas de Assis Teles 
Primeiro orientador: TRIBESS, Sheilla
Resumo: O presente estudo teve como objetivo identificar a prevalência de sintomatologia depressiva e sua associação com as variáveis capacidade funcional, atividade física e comportamento sedentário em idosos cadastrados nas Equipes de Saúde da Família no município de Uberaba, MG. Caracterizou-se como estudo observacional de delineamento transversal e do tipo analítico, utilizando-se de métodos exploratórios surveys. A população desse estudo compreendeu 10.683 pessoas, de ambos os sexos, com idade ≥60 anos, residentes no município de Uberaba-MG. A amostra, estratificada de forma aleatória, foi constituída por 622 indivíduos cadastrados em uma das 35 Equipes de Saúde da Família do município. Os dados foram coletados com uso de questionário aplicado em forma de entrevista individual, com informações sociodemográficas, saúde física e mental, capacidade funcional, atividade física habitual e exposição ao comportamento sedentário. O nível de atividade física foi avaliado por meio do Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ), na versão longa e adaptado para idosos, e a exposição ao comportamento sedentário foi avaliada considerando o tempo total gasto sentado durante um dia na semana e um dia no final de semana por meio do domínio tempo sentado do IPAQ. A sintomatologia depressiva foi avaliada através da Escala de Depressão Geriátrica (GDS-15), versão curta. Para análise de dados foram utilizados procedimentos da estatística descritiva (média e desvio padrão) e inferencial (Qui-quadrado, curva ROC e modelos de regressão logística de Poisson) p≤0,05. A prevalência de sintomatologia depressiva foi de 27%, sendo 22% para os homens e 29,7% para as mulheres. A sintomatologia depressiva associou-se com anos de estudo, percepção de saúde, atividades básica e instrumental da vida diária e atividade física (p≤0,05). A atividade física de intensidade moderada ou vigorosa acumulada em diferentes domínios, durante <160 min.sem-1 para o homem e ≤140 min.sem-1 para mulheres, e a exposição ao comportamento sedentário durante um dia na semana >650 min.dia-1 para homens e >580 min.dia-1 para mulheres e ao final de semana >760 min.dia-1 para homens e >670 min.dia-1 para as mulheres apresentaram os melhores pontos de corte para predizer a sintomatologia depressiva. Os achados desta investigação fornecem informações que contribuem para a formulação de estratégias intervencionistas mais efetivas que visam à manutenção da saúde mental dos idosos e fortalece o importante papel do profissional de Educação Física nas ações de promoção à saúde dessa população.
Resumo: The present study aims to identify the prevalence of depressive symptoms and its association with variables functional capacity, physical activity and sedentary behavior in elderly registered at Family Health Teams in the municipality of Uberaba, MG. Characterized as a cross-sectional observational study and analytical type, using methods of exploratory surveys. The study population comprised 10,683 persons, of both sexes, aged ≥ 60 years living in the urban area of the city of Uberaba, MG. The sample, stratified simple random, from 622 individuals registered at 35 Family Health Teams of the Family Health Strategy for the city of Uberaba, MG. Data collection was performed by a questionnaire in individual interviews with socio-demographic information, physical and mental, functional capacity, activity physical and exposure to sedentary behavior. The level of physical activity was assessed using the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ), full version adapted to the elderly and the exposure to sedentary behavior was assessed by considering the total time spent sitting during one day a week and one day on the weekend by the time sitting domain of the IPAQ. Depressive symptoms were assessed using the Geriatric Depression Scale (GDS-15), short version. For data analysis procedures were used descriptive statistics (mean and standard deviation) and inferential (chi-square test, ROC curve and logistic regression models) p≤ 0.05. The prevalence of depressive symptoms was 27%, 22% were men and 29.7% women. Depressive symptoms were associated with years of study, perceived health, basic and instrumental activities of daily living and physical activity (p≤0.05). Physical activity of moderate intensity or vigorous, accumulated in in different domains, during the time <160 minutes/week for men and ≤140 minutes/week for women, and exposure to sedentary behavior during one day a week >650 minutes/day for men and >580 minutes/day for women and the weekend >760 minutes/day for men and >670 minutes/day for women presented the best cutoff points for predicting the depressive symptoms. The findings of this research provide information that contributes to the formulation of more effective interventional strategies aimed at maintaining the mental health of older people, but also reinforce the role of physical education professional in activities promoting the health of this population.
Palavras-chave: Sintomas depressivos
Atividade física
Estilo de vida sedentário
Idoso
Saúde
Depressive symptoms
Physical activity
Sedentary lifestyle
Elderly
Health
Área do CNPQ: Educação Física
Idioma: por
País: BR
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Educação Física
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citação: SANTOS, Douglas de Assis Teles. Atividade física, comportamento sedentário e a sintomatologia depressiva em idosos. 2013. 79 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Data do documento: 8-May-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Douglas A T Santos.pdf1,8 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.