Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/84
Tipo: Dissertação
Título: Estudo da expressão do canal para sódio dependente de voltagem nav1.6 nas células esféricas e globulares em arbusto do núcleo coclear do sistema auditivo
Título(s) alternativo(s): Study of expression of the voltage-dependent sodium channel Nav1.6 on spherical and globular bushy cells of the cochlear nucleus of auditory system.
Autor: Paiva, Geruza Olivieri de 
Primeiro orientador: Rodrigues, Aldo Rogelis Aquiles
Resumo: O canal para sódio Nav1.6 apresenta algumas propriedades biofísicas notáveis como um baixo limiar de ativação, rápida inativação e a capacidade de gerar correntes de sódio ressurgente e persistente. Tais propriedades têm sido associadas a neurônios que disparam em alta frequência. O presente trabalho buscou estudar a expressão e localização celular desse canal durante o desenvolvimento neuronal pós-natal (P8, P15 e P30 dias) das células esféricas (SBCs) e globulares (GBCs) em arbusto do núcleo coclear do sistema auditivo. Para isso, reações de coloração pelo método de Nissl e imunofluorescência de dupla marcação foram realizadas em fatias do núcleo utilizando anticorpos contra as proteínas Nav1.6, proteína 2 associada à microtúbulos, anquirina-G e proteína de vesícula sináptica 2. Nossos resultados sugerem que o canal para sódio Nav1.6 é expresso nos neurônios em arbusto já no oitavo dia pós-natal, e que sua expressão acompanha o desenvolvimento neuronal permanecendo após sua maturação. A expressão do canal Nav1.6 é intensa nos segmentos iniciais do axônio (AISs) das células em arbusto, e sua densidade de marcação aumenta com a distância a partir do soma, apresentando um pico de fluorescência na região distal do AIS. A média da extensão da marcação anti-Nav1.6 nos AISs das SBCs em P15 (n=5) e P30 (n=17) foi de 17 +/- 0,8 e 19 +/- 0,6 µm, respectivamente, enquanto nas GBCs em P15 (n=6) e P30 (n=13) foi de 26,7 +/- 2,8 e 27,3 +/- 1 µm, respectivamente. A comparação entre a extensão da marcação anti-Nav1.6 nos AISs em cada tipo celular, nos diferentes estágios de desenvolvimento (P15 e P30), não se mostrou significante. Já a análise da extensão da marcação anti-Nav1.6 nos AISs, entre esses neurônios, mostrou-se significativa tanto em P15 como em P30. A alta concentração desse canal para sódio no AIS sugere que o Nav1.6 seja o canal responsável pela geração do potencial de ação nesses neurônios. A anquirina-G, uma proteína de ligação citoesqueleto-membrana, parece estar envolvida com a ancoragem desses canais no AIS. Nodos de Ranvier intensamente marcados pelo Nav1.6 foram observados na raiz nervosa e ao longo da região anteroventral do núcleo coclear, sugerindo que esse canal participa também na condução do potencial de ação em fibras nervosas da parte inferior do sistema auditivo. Experimentos adicionais poderão revelar se esse canal desempenha essas funções isoladamente, como sua alta densidade sugere, ou em associação com outros canais para sódio.
Resumo: The voltage-gated sodium channel Nav1.6 exhibits some striking biophysical peculiarities as low threshold for activation, fast inactivation and the capacity to generate the resurgent and persistent sodium currents. These biophysical properties have been associated to neurons that fire at high frequency. The present work has sought to study the expression and cellular localization of Nav1.6 during neuronal development (P8, P15 and P30 days) of spherical (SBCs) and globular bushy cells (GBCs) of the cochlear nucleus. For this purpose, Nissl s staining and double labeling immunofluorescence reactions were done in sections of this nucleus using antibodies directed against Nav1.6, microtubule associated protein 2, ankyrin-G and synaptic vesicle 2. Our results suggest that Nav1.6 channel is expressed in bushy cells of cochlear at P8 and that its expression follows the post-natal neuronal development and persist after their maturation. The expression of Nav1.6 is intense at axonal initial segments (AISs) of bushy cells, and the density of labeling at the AIS increases with the distance from the soma, showing a fluorescence peak at the distal part of this axon domain. The average extension of Nav1.6 labeling at the AIS from SBCs at P15 (n=5) and P30 (n=17) was 17 +/- 0,8 and 19 +/- 0,6 µm whereas in the GBCs, at P15 (n=6) and P30 (n=13), was 26,7 +/- 2,8 and 27,3 +/- 1 µm, respectively. The statistical analysis of the extension of Nav1.6 labeling at the AIS in each cell type, at different ages (P15 and P30), did not show significant difference. The analysis of the extension of Nav1.6 labeling at the AIS, between these neurons, did show significant statistical difference at P15 and P30. The high density of this sodium channel subtype at the AIS suggests that Nav1.6 is responsible for action potential generation at these cells. The membrane-cytoskeleton linker protein AnkG seems to be involved with anchorage of this channel at the AIS. At the nerve root and following the ascending branches of the auditory nerve, nodes of Ranvier showed an intense labeling for Nav1.6, suggesting that this channel participates on the conduction of action potentials at nerve fibers from the inferior auditory system. Additional experiments may reveal whether this channel can perform these activities alone, as its high density suggests, or in combination with other sodium channels subtypes. Key words: Nav1.6. Voltage-gated sodium channels. Axon initial segme
Palavras-chave: Nav1.6
Canais para sódio
Axônios
Sistema auditivo
Neurônios esféricos em arbusto
Neurônios globulares em arbusto
Nav1.6
Voltage-gated sodium channels
Axon
Cochlear nucleus
Auditory system
Spherical bushy cells
Globular bushy cells
Área do CNPQ: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma: por
País: BR
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Esporte e exercício
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citação: PAIVA, Geruza Olivieri de. Study of expression of the voltage-dependent sodium channel Nav1.6 on spherical and globular bushy cells of the cochlear nucleus of auditory system.. 2011. 78 f. Dissertação (Mestrado em Esporte e exercício) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Embargado
Data do documento: 1-Jul-2011
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Geruza O Paiva.pdf5,58 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.