Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/189
Tipo: Dissertação
Título: Alterações autonômicas e cronotrópicas cardíacas após a administração de esteróide anabólico androgênico associado ao treinamento físico
Autor: SANTOS, Rodrigo Otávio 
Primeiro orientador: BARBOSA NETO, Octávio
Resumo: Este estudo objetivou avaliar o efeito do tratamento crônico com esteroides anabólicos androgênicos, associado ao treinamento físico no controle autonômico cardiovascular. Avaliou-se em repouso a frequência cardíaca, pressão arterial sistólica e diastólica, efeito e tônus vagal e simpático, frequência intrínseca de marcapasso cardíaco, sensibilidade barorreflexa, variabilidade da frequência cardíaca, variabilidade da pressão arterial e massa cardíaca. Utilizamos ratos machos Wistar, pesando entre 400g e 500g, divididos em 6 grupos: controle (SC, N=10), sedentário veículo (SV, N=10), sedentário DECA (SD N=10), treinado controle (TC, N=10), treinado veículo (TV, N=10) e treinado DECA (TD N=10). Análises estatísticas com significância p<0,05 e resultados expressos em média±epm. Os animais do grupo TD mostraram menor peso corpóreo comparados a SD, os grupos SC e SV não alteraram este parâmetro. Os grupos TC, TV e TD apresentaram redução da FC comparados a SC, SV e SD; mas sem alterações em nenhum parâmetro da PA. O efeito vagal e o tônus vagal atenuou em SD comparado aos demais grupos, o efeito simpático reduziu em SD e TD. O índice simpato-vagal mostrou acentuação entre SD, pareado a SC e SV, também vs TC, TV e TD, o grupo TD mostrou decréscimo comparado a SD, TC e TV. A frequência intrínseca de marcapasso cardíaco, apresentou elevação em SD, pareado a SC e SV; o grupo SV teve atenuação comparado a SC. O grupo TC evidenciou acentuação vs SV e atenuação vs SD; elevação entre TV vs SC, SV e TC, e o grupo TD apresentou decréscimo vs SD e TV. As respostas reflexas manifestaram decréscimo em SD comparados aos demais grupos. O intervalo de pulso se mostrou elevado em (TC, TV e TD) vs (SC, SV e SD), e os componentes vagais e simpáticos, absolutos e normalizados da variabilidade da frequência cardíaca, apresentaram-se reduzidos nos grupos treinados em comparação aos grupos sedentários. O componente LF da VPAD do grupo SD aumentou, se comparado aos grupos SC, TC e TV; o grupo TC mostrou redução em LF absoluto vs SC, SV e SD, também comparado a TV; os animais do grupo TD, mostraram elevação, se comparados a TC e TV, e decréscimo, se comparados aos grupos SV e SD. Este componente, analisado no domínio da frequência, mostrou elevação em SD, comparado aos grupos SC e SV; e de maneira semelhante ao seu valor absoluto, os grupos treinados (TC, TV e TD) apresentaram valores reduzidos vs SD, ainda TD se mostrou elevado comparado a TC e TV. Analisando a VPAS, houve diferença na variância entre SD e TC; a banda VLF também alterou-se entre estes dois grupos. Já o componente LF absoluto apresentou diferenças entre SD comparado a SC. O grupo TC evidenciou diferença comparado TC e SV, ou TC e SD, nos grupos SV e SD o componente LF absoluto se mostrou exacerbado ao grupo TC. O peso cardíaco relativo apresentou elevação entre grupo TD e SC, entre TV e SD, como também entre TD, comparados a SV, SD e TC. Os resultados sugerem que a administração de decanoato de nandrolona na dose de 5 mg/kg/semana provoca diminuição da atividade vagal e variações na autonomia cardiovascular. Porem o treinamento físico de natação concomitante a esta terapêutica preveniu tais disfunções.
Resumo: This study aimed to evaluate the effect of chronic treatment with anabolic androgenic steroids associated to exercise training in cardiovascular autonomic control. Its evaluated on resting, heart rate, systolic and diastolic, vagal and sympathetic tone and effect, intrinsic cardiac pacemaker, baroreflex sensitivity, heart rate variability, blood pressure variability and cardiac mass. We used male Wistar rats weighing between 400g and 500g were divided into 6 groups: control (SC, n = 10), sedentary vehicle (SV, N = 10), sedentary DECA (SD N = 10), trained control (TC, N = 10) trained vehicle (TV N = 10) and trained DECA (TD N = 10). Statistical analyzes with significance p <0.05, and results expressed as mean±sem. The TD group animals showed lower body weight compared to SD, SV and SC groups had no change in this parameter. The groups TC, TV and TD decreased HR compared to SC, SV and SD, but no change of the BP. Vagal effect and vagal tone attenuated in SD compared to other groups in the study, the sympathetic effect was reduced in SD and TD. The sympathovagal index showed accentuation between SD and SC groups compared to SV, also vs TC, TV and TD, the TD group showed a decrease compared to SD, CT and TV. The intrinsic rate of cardiac pacemaker, showed an increase in SD, paired SC and SV, the SV group had attenuation compared to SC. The TC group showed accentuation and attenuation vs SV vs SD; elevation between TV vs SC, SV and TC, and TD group showed a decrease vs SD and TV. Reflex responses expressed decrease in SD compared to the other groups. The pulse interval was shown to be high in (TC, TV and TD) vs. (SC, SV and SD), and the components of heart rate variability, vagal and sympathetic, absolute and normalized, presented themselves reduced in the trained groups compared to sedentary groups. The LF component of DBPV, SD group increased, compared to the groups SC, TC and TV, the TC group showed a reduction in absolute LF vs SC, SV and SD, also compared to TV, the TD group animals showed elevation if compared to TC and TV, and a decrease when compared to the SV and SD groups. This component, analyzed in the frequency domain, showed a rise in SD, compared to SV and SC groups, and similarly to its absolute value, the trained groups (TC, TV and TD) showed reduced versus SD, TD has proved high compared to CT and TV. Analyzing SBPV, there were differences in variance between SD and TC; VLF band also changed between these two groups. Already the LF component showed absolute differences between SD compared to SC. The TC showed a group difference compared SV and TC, or TC and SD, SV and SD groups in the absolute LF component showed exacerbated the TC group. The relative heart weight showed an increase between group TD and SC, between TV and SD, as well as between TD, compared to SV, SD and TC. The results suggest that the administration of nandrolone decanoate at a dose of 5 mg / kg / week causes a decrease vagal activity and autonomic cardiovascular variations. However swimming physical training concomitant with this therapy prevented such dysfunctions.
Palavras-chave: Controle autonômico cardiovascular
Frequência intrínseca de marcapasso cardíaco
Esteroides anabólicos androgênicos
Treinamento físico
Cardiovascular autonomic control
Intrinsic rate of cardiac pacemaker
Anabolic androgenic steroids
Physical training
Área do CNPQ: Fisiologia do esforço
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Educação Física
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citação: SANTOS, Rodrigo Otávio. Alterações autonômicas e cronotrópicas cardíacas após a administração de esteróide anabólico androgênico associado ao treinamento físico. 2013. 71f. Dissertação(Mestrado em Educação Física) - Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 22-Aug-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Rodrigo O Santos.pdfTexto principal1,18 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons