Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/210
Tipo: Dissertação
Título: Dinamometria de preensão palmar e análise eletromiográfica em teste de 10 repetições máximas para flexão de cotovelo.
Autor: LIMA, Fernando Max 
Primeiro orientador: BERTONCELLO, Dernival
Resumo: A fadiga muscular é fator limitante para pessoas saudáveis e enfermas e a prática de exercícios pode ser benéfica. Testes de 10 RM dão indícios de força e resistência muscular e o uso de outras ferramentas de análise concomitantemente pode fornecer informações valiosas. Por isso, objetivou-se analisar os efeitos da fadiga muscular na dinamometria de preensão palmar ao longo de 30 segundos e na atividade eletromiográfica em ações isométricas voluntárias máximas e em ações dinâmicas ao longo de teste de 10RM para bíceps braquial em indivíduos treinados (TR) e não treinados (NT) e em membros dominantes (DO) e não dominantes (ND). Participaram 18 homens adultos jovens, 9 não treinados e 9 experientes em treinamento resistido. A força isométrica de preensão palmar foi avaliada por dinamômetro de preensão com célula de carga de precisão (modelo G200, Kit de mão H500 - Biometrics®) em posição recomendada pela ASHT. Eletromiografia (Miotool 400USB e software Miograph/Miotec®) do bíceps braquial foi coletada em isometria antes e após às 10 RM e em ação concêntrica durante o teste. Janelas de 0,75 segundos do centro do sinal concêntrico foram analisadas. Diferença significativa na dinamometria foi encontrada entre os grupos TR e NT para os valores de CIVM e de média iniciais e finais tanto para o lado DO quanto ND e também para os valores iniciais de endurance para o lado ND. Diferença significativa entre os valores iniciais e finais de cada grupo foram encontradas somente para a CIVM do TR-DO e para média em 30 s do TR-DO e TR-ND. Na eletromiografia apenas o grupo TR-DO apresentou redução significativa da FM entre a isometria inicial e final. Redução significativa na FM em relação à 1ª contração foi observada a partir da 7ª para NT-DO e NT-ND e para TR-ND, enquanto que no TR-DO observou-se a partir da 6ª. Aumento significativo no RMS normalizado pela CIVM foi encontrado em relação à 1ª contração a partir da 3ª para TR-DO e TR-ND e para NT-ND, enquanto que NT-DO apresentou aumento significativo a partir da 2ª. Conclui-se que foi possível observar diferença na força e na resistência de preensão palmar em decorrência do treinamento resistido antes e após fadiga muscular, porém sem diferenças entre os hemicorpos. Observou-se que TR conseguem mover maior carga e sustentar por mais tempo o mesmo desempenho mecânico com sinais de fadiga que NT, em especial para o lado DO. Já o grupo NT apresenta incremento maior do recrutamento de novas unidades motoras antes do TR, em especial para o lado ND.
Resumo: Muscle fatigue is a limiting factor for both healthy and sick people and exercise can be beneficial. Ten RM tests give indicia of muscle strength and endurance and combining other analysis tools can provide valuable information. Therefore, the aim of this study was to analyze the effects of muscle fatigue on hand grip dynamometry along 30 seconds and on electromyographic activity in maximal voluntary isometric contractions (MVIC) and in dynamic actions along 10RM test for biceps braquialis in trained (TR) and untrained (NT) individuals and in dominant (DO) and non-dominant (ND) limbs. Eighteen young adult men, 9 untrained and 9 experienced in resistance training, participated in the study. The isometric handgrip dynamometry was assessed by grip dynamometer with precision load cell (Model G200, H500 Hand Kit - Biometrics®) in the position recommended by the ASHT. Electromyography (Miotool 400USB and software Miograph/Miotec®) from biceps braquialis isometry was collected in advance and subsequently the 10RM test and also from concentric actions during the test. Windows of 0.75 seconds from the center of the signal were analyzed. Significant difference in hand grip dynamometry between TR and NT was found for MIVC and average initial values for both DO and ND hemisides and also for initial values of endurance for ND. Significant difference between baseline and final values of each group was found only for MIVC in TR-DO and for average values within 30 s in TR-DO and TR-ND. In electromyography, only the TR-DO group showed significant reduction of FM during isometry between the initial and final values. Significant reduction in FM compared to the 1st contraction was observed from the 7th to NT and NT-DO and NT-ND and TR-ND, while the TR-DO was observed from the 6th. Significant increases in MVIC-normalized RMS were found in relation to the 1st contraction from the 3rd to TR-DO, TR-ND and NT-ND, while NT-DO increased significantly from the 2nd.It is concluded that it was possible to observe differences in the hand grip peak force and endurance due to resistance training before and after muscle fatigue, but no differences between hemisides. It was observed that TR can move larger loads and sustain longer the same mechanical performance than NT even in presence of fatigue signs, particularly for DO side. The NT group shows greater recruitment of new motor units before TR, in particular for ND side.
Palavras-chave: Cotovelo
Eletromiografia
Fadiga muscular
Força da mão
Treinamento de Resistência
Elbow
Electromyography
Hand Strength
Muscle Fatigue
Resistance Training
Área do CNPQ: Educação Física
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Educação Física
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citação: LIMA, Fernando Max. Dinamometria de preensão palmar e análise eletromiográfica em teste de 10 repetições máximas para flexão de cotovelo.. 2013. 72 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 27-Mar-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Fernando M Lima.pdfDissert Fernando M Lima1,82 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons