Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/217
Tipo: Dissertação
Título: Farmacoterapia e fatores associados à adesão ao tratamento em idosos com síndrome metabólica
Título(s) alternativo(s): Pharmacotherapy and factors associated with treatment adherence in elderly patients with metabolic syndrome
Autor: GOMES, Nayara Cândida 
Primeiro orientador: TAVARES, Darlene Mara dos Santos
Resumo: A Síndrome Metabólica (SM) merece atenção especial em razão de suas complicações e pelo importante impacto na morbimortalidade. Objetivou-se descrever as características sociodemográficas; bioquímicas, clínicas e antropométricas dos idosos com SM diagnosticados no ambulatório de SM da Universidade Federal do Triângulo Mineiro; identificar a prevalência da adesão ao tratamento medicamentoso e à atividade física como um dos componentes do tratamento não medicamentoso desses idosos; determinar a prevalência da adequação ao Guia Alimentar 10 passos para uma alimentação saudável para a pessoa idosa; verificar dentre os critérios diagnósticos da International Diabetes Federation para a SM os mais prevalentes entre os idosos; descrever a farmacoterapia e as possíveis interações medicamentosas dos idosos com SM; identificar os fatores associados à adesão ao tratamento medicamentoso e não medicamentoso de idosos com SM. Estudo quantitativo, analítico e transversal realizado entre 263 idosos com SM residentes em Uberaba-MG. Utilizaram-se os instrumentos: Mini Exame do Estado Mental, Questionário Brasileiro de Avaliação Funcional e Multidimensional, Escala de Depressão Geriátrica Abreviada, Índice de Katz, Escala de Lawton e Brody, Índice de Complexidade da Farmacoterapia, Instrumento de Avaliação da Atitude Frente à Tomada dos Remédios, Brief Medical Questionnarie, Questionário Internacional de Atividade Física adaptado, Questionário de Frequência de Consumo Alimentar Adaptado e o Guia 10 Passos para alimentação saudável para pessoas idosas, DrugReax System do Micromedex®, versão atualizada do critério de Beers. Procedeu-se à análise com os testes qui-quadrado e o modelo de regressão logística múltipla (p<0,05). Predominaram idosos do sexo feminino (70,7%); com 60|-70 anos (51,7%); moravam com esposo(a)/companheiro(a) (63,9%); tinham 1|-4 anos de escolaridade (49,0%); renda ≤ 1 salário mínimo (62,4%); eutróficos (49,6%) e com os níveis de colesterol total (76,4%), colesterol de lipoproteínas de baixa densidade (66,5%), ferritina sérica (79,1%), proteína C reativa (93,5%) e ácido úrico (80,2%) dentro da normalidade; independentes para atividades básicas de vida diária (ABVD) (51,0%); dependentes para atividades instrumentais de vida diária (99,2%); com autopercepção de saúde positiva (50,2%); cinco ou mais morbidades (89,7%); sem indicativo de presença de sintomas depressivos (81,7%); com baixa adesão ao tratamento medicamentoso (51,0%) e inativos para a prática de atividade física (52,5%). O passo com maior frequência de consumo alimentar considerado adequado foi o de não adicionar sal aos alimentos já prontos (91,6%). A glicemia de jejum alterada foi o componente da SM mais frequente (91,6%). A maioria apresentava polifarmácia (73,0%), procedeu de forma positiva frente à tomada de remédios (62,7%), utilizava medicamentos potencialmente inapropriados (54,4%) e apresentava possíveis interações medicamentosas (IM) (75,3%). A adesão ao tratamento associou-se com possuir renda > 1 salário mínimo (p=0,023), morar acompanhado (p=0,013), ausência de IM (p=0,016) e autopercepção de saúde positiva (p<0,001). Associaram a adesão à prática de atividade física: morar com companheiro (p=0,021), não ter indicativo de presença de sintomas depressivos (p=0,020), autopercepção de saúde positiva (p=0,005) e capacidade funcional para ABVD (p=0,007). Conclusão: os fatores associados à adesão ao tratamento da SM, verificados neste estudo, contribuem para o planejamento de ações em saúde visando a prevenção de complicações.
Resumo: The Metabolic Syndrome (MS) needs special attention because of its complications and the huge impact on morbidity and mortality. The objective was to describe the sociodemographic, biochemical, clinical and anthropometric characteristics of elderly patients diagnosed with MS, accompanied by the MS clinic in Federal University of Triangulo Mineiro; identify the prevalence of drug treatment adhesion, and physical activity as a component of non-medication treatment of the elderly; determine the value of the Food Guide 10 Steps to a healthy diet for elderly people; check the most prevalent International Diabetes Federation’s MS diagnostic criteria among elderly people; describe pharmacotherapy and possible drug interactions of elderly people with MS; identify adhesion factors in pharmacological and nonpharmacological treatments to MS in elderly patients. Quantitative, analytical and cross-sectional study of 263 elderly patients with MS living in Uberaba-MG. Instruments used: Mini Mental State Examination, Brazilian Multidimensional Functional Assessment Questionnaire, Geriatric Depression Scale abbreviated, Katz Index, Lawton and Brody Scale, Medication Regimen Complexity Index, Questionnaire to Evaluate Attitudes Towards Taking Medicines, Brief Medical Questionnaire, International Physical Activity Questionnaire (version adapted for the elderly), Healthy Eating for Senior Citizens in 10 Steps Food Guide, Drug-Reax Micromedex®, updated version of the Beers criteria. We proceeded to the analysis with the chi-square test and multiple logistic regression model (p<0,05). Female elderly predominated (70,7%); age 60|-70 years (51,7%); They lived with husband (or wife) (63,9%); had 1|-4 years of education (49,0%); income ≤ 1 minimum wage (62,4%); eutrophic (49,6%) and with total cholesterol levels (76,4%), low density lipoprotein cholesterol (66,5%), ferritin (79,1%), C-reactive protein (93,5%) and uric acid (80.2%) within the normal range; they were independent for basic activities of daily living (51,0%); and dependent for instrumental activities of daily living (99,2%); with health self-perception positive (50,2%); five or more morbidity conditions (89,7%); with absence of depressive symptoms (81,7%); low adherence to drug treatment (51,0%) and inactive for the practice of physical activity (52,5%). The step in good food intake most often seen was not to add salt to already prepared food (91,6%). The most frequent MS component was abnormal fasting glucose (91,6%). Most had polypharmacy (73,0%), proceeded in a positive way facing the use of medications (62,7%), used potentially inappropriate medications (54,4%), and had possible drug interactions (75,3%). Treatment adherence was associated with owning income >1 minimum wage (p=0,023), living together (p=0,013), drug interactions absence (p=0,016) and positive self-perception of health (p<0,001). Factors that increased adherence to physical activity practice: living with a partner (p=0,021), absence of depressive symptoms (p=0,020), positive self-perception of health (p=0,005) and functional capacity for basic activities of daily living (p=0,007). Conclusion: factors associated with adherence to treatment of MS, observed in this study, help on planning public health efforts aiming the prevention of complications.
Palavras-chave: Idoso
Síndrome Metabólica
Adesão ao Tratamento
Farmacoterapia
Enfermagem Geriátrica
Elderly
Metabolic Syndrome
Adherence to Treatment
Pharmacotherapy
Geriatric Nursing
Área do CNPQ: Enfermagem
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Enfermagem
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde
Citação: GOMES, Nayara Cândida. Farmacoterapia e fatores associados à adesão ao tratamento em idosos com síndrome metabólica. 2015. 166 f. Dissertação (Mestrado em Atenção à Saúde) - Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 18-Dec-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Nara S Costa.pdfDissert Nara S Costa1,88 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons