Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/220
Tipo: Dissertação
Título: Fatores associados à funcionalidade familiar de idosos que residem no interior de Minas Gerais
Título(s) alternativo(s): Factors associated with family functionality among the elderly residing in Minas Gerais
Autor: SILVEIRA, Tatiana 
Primeiro orientador: RODRIGUES, Leiner Resende
Resumo: O gradativo aumento da população idosa tem sido um importante fenômeno mundial. Com envelhecimento, esses idosos podem necessitar de cuidados. Desta forma, a família torna-se membro fundamental das redes informais de apoio a essa população. Mas nem sempre as famílias encontram-se preparadas para esse cuidado, comprometendo assim a funcionalidade familiar. Este estudo objetivou descrever as características sociodemográficas, econômicas, de saúde dos idosos comunitários; determinar os escores de capacidade funcional e funcionalidade familiar e analisar a influência de variáveis sociodemográficas, econômicas, de saúde, bem como a capacidade funcional sobre a funcionalidade familiar. Estudo do tipo inquérito domiciliar; transversal e analítico, conduzido com 637 idosos residentes na área urbana do município de Uberaba, Minas Gerais (MG). Os instrumentos utilizados foram: Mini Exame do Estado Mental (MEEM), Questionário com informações referentes aos aspectos sociodemográficos, econômicos e de saúde construído pelo Grupo de Pesquisa em Saúde Coletiva da universidade, Escala de Katz, Escala de Lawton e Brody e o Apgar de Família. Procedeu-se a análise com os testes: distribuição de frequências e percentuais para variáveis categóricas, medidas de centralidade e dispersão para variáveis numéricas, Teste-T, Correlação de Pearson e Spearman, e o modelo de regressão linear múltipla (p<0,05), por meio do programa estatístico Statistical Package for the Social Sciences (SPSS), versão 19.0. Esta pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética, parecer no 493.211. Houve predomínio de idosos do sexo feminino (66,6%), faixa etária 60├70 anos (42,1%), casados (42,7%), 1┤5 anos de estudo (51%), renda de um salário mínimo (45,1%) e residem acompanhados (79,7%). Em relação às condições de saúde apresentaram percepção de saúde regular (39,9%), de 1├7 morbidades (57,5%) sendo as mais prevalentes: hipertensão arterial (65,6%), problemas visuais (61,4%), problemas de coluna (49,3%) e artrite/artrose (39,1%), ausência de quedas (73,2%) e de hospitalizações (82,1%). Concernente às atividades básicas de vida diária (ABVD´S), 76,9% dos idosos são independentes e, para as atividades instrumentais (AIVD´S), 62% são dependentes. Quanto a Funcionalidade familiar: 87,8% das famílias são altamente funcionais, 5,8% moderadamente disfuncionais e 6,4% com disfunções acentuadas. Consolidaram-se como fatores associados à funcionalidade familiar, respectivamente: percepção de saúde (p<0,001), idade (p=0,003), quedas (p=0,004) e depressão (p=0,007). Compreender o funcionamento da família possibilita aos profissionais de saúde traçar ações e intervenções direcionadas, buscando o reequilíbrio entre as relações familiares e promover assim um cuidado mais integral e eficaz.
Resumo: The gradual increase in the elderly population has been a major worldwide phenomenon. With aging, the elderly may need care. Thus, family becomes a key member of informal support networks for the elderly population. However, not all the families are prepared for giving out this type of care, thereby compromising family functionality. This study aimed to describe the sociodemographic, economic, and health characteristics of the elderly community; determine the scores of functional capacity and family functionality; and analyze the influence of sociodemographic, economic, and health variables, as well as functional capacity, on family functionality. The study was a transversal and analytical household survey type, conducted on 637 elderly residents in the urban area of the city of Uberaba, Minas Gerais, Brazil. The instruments used were: Mini-Mental State Examination (MMSE) questionnaire with information regarding demographic, economic and health aspects built by the Community Health Research Group at the University, Katz Scale, Lawton Scale, and Brody and Apgar Family Scores. The analysis conducted with the tests: distribution of frequencies and percentages for categorical variables, central and dispersion measures for numeric variables, T-test, Pearson and Spearman correlation, and the multiple linear regression model (p <0.05), through the statistical Package for Social Sciences (SPSS) version 19.0. This study was approved by the Ethics Committee, opinion number 493.211. There was a predominance of female elderly (66.6%), age 60├70 years (42.1%), married (42.7%), 1┤5 years of education (51%), income from minimum wages (45.1%) and residing with others (79.7%). Regarding health conditions 39.9% presented regular health perception of 1├7 morbidities (57.5%) being the most prevalent: hypertension (65.6%), visual problems (61.4%), back problems (49.3%) and arthritis/ osteoarthritis (39.1%), absence of falls (73.2%) and hospitalizations (82.1%). Concerning basic daily life activities (ABVD'S), 76.9% of the elderly are independent and, for instrumental activities (AIVD'S), 62% are dependent. Regarding Family Functionality: 87.8% of families are highly functional, 5.8% are moderately dysfunctional, and 6.4% had marked dysfunction. Factors consolidated as associated with family functioning were, respectively: health perception (p <0.001), age (p = 0.003), falls (p = 0.004) and depression (p = 0.007). The detection of factors that generate family dysfunction provides healthcare professionals with directed planning actions in order to prevent or re-establish the balance of intra-family ties, promoting the welfare of the elderly and their families.
Palavras-chave: Idoso
Família
Relações Familiares
Elderly
Family
Family relations
Área do CNPQ: Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Enfermagem
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde
Citação: SILVEIRA, Tatiana. Fatores associados à funcionalidade familiar de idosos que residem no interior de Minas Gerais. 2015. 75 f. Dissertação (Mestrado em Atenção à Saúde) - Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 16-Dec-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Tatiana Silveira.pdfDissert Tatiana Silveira1,17 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons