Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/232
Tipo: Dissertação
Título: O corpo/corporeidade na Educação em tempo integral - Ciclo I
Autor: MAGRIN, Natália Papacídero 
Primeiro orientador: MOREIRA, Wagner Wey
Resumo: Este trabalho tem por objetivo analisar a percepção de corpo dos professores atuantes no Ensino Fundamental I em Escolas de Tempo Integral do município de Franca/SP. É uma pesquisa classificada como qualitativa, de cunho exploratório e descritivo, tendo por base a abordagem fenomenológica para a interpretação do fenômeno educacional. Foram sujeitos desta pesquisa 10 professoras do 2º ano do Ensino Fundamental, de escolas estaduais de Tempo Integral. As perguntas geradoras foram: “O que é corpo para você?”, “Como você trabalha o corpo do aluno?” e “O trabalho com o corpo do aluno na Escola de Tempo Integral deve ser diferente do trabalho na Escola de Tempo Parcial? Sim? Não? Por que?” Os dados foram analisados utilizando a Técnica de Elaboração e Análise de Unidades de Significado (MOREIRA, SIMÕES, PORTO, 2005). Completam este estudo, análises categóricas feitas nos projetos políticos-pedagógicos de cada unidade escolar participante. A concepção de corpo enquanto “movimento/vida” destacou-se ligeiramente sobre as demais apontando 30% ou 3 professoras, seguida por “Instrumento/Sistema”, “Físico” e “Conjunto de Órgãos” ambas com 2 professoras (20%) cada e por fim com apenas uma menção (10%) temos, “Abrigo da Alma”, “Saúde” e “Unidade”. Para o trabalho com o corpo do aluno, temos 7 da professoras (70%) apenas preocupadas com o intelecto, excluindo o corpo do processo de ensino-aprendizagem, 3 (30%) trabalhando com “Movimento/Coordenação” e/ou “Percepção de si e do espaço”, outras duas (20%) com “Música/Relaxamento”, além destas foram detectadas outras 4 unidades (“Atividades Lúdicas”, “Com Respeito”, “Higiene Corporal” e “É dever do Professor de EF”) que representam 10% ou uma professora para cada. Para as diferenças no trabalho com o corpo do aluno no tempo integral e no tempo parcial, 60% (6) julgaram serem necessárias, justificando-se em 40% (4) dos casos pelo aumento da carga horária escolar. Outros 40% (4) não julgam serem necessárias diferenças no trabalho, afirmando dever ser igual em 20% (2) dos casos. Quanto aos projetos políticos-pedagógicos, em nenhum foram encontradas menções ao corpo/corporeidade, sua concepção ou trato. Com os dados analisados, identificamos o corpo predominantemente em uma visão utilitarista, sendo esse fragmentado e visto como partes operantes, as quais trabalham em função de algo ou alguém. A supremacia da mente sobre o corpo está presente na prática profissional das professoras, atentando-se apenas ao trato da cabeça em suas salas de aula, deixando o corpo sob responsabilidade do profissional da quadra, o professor de Educação Física.
Resumo: This work aims to analyze which perception teachers active in elementary school in Full Time Schools in the city of Franca / SP, have about the body. This is a research classified as qualitative, from exploratory and descriptive nature, based on the phenomenological approach for the interpretation of the educational phenomenon. In this study were subjects, 10 teachers of the 2nd year of elementary school, from Full Time state school. The questions were: "What is the body for you?", "How do you work the student´s body?" and "The work with the body of the student in the Full Time School should be different from the work in Part-time School? Yeah? No? Why?" The data were analyzed using the Technique Elaboration and Analysis of Meaning Units (MOREIRA, SIMÕES, PORTO, 2005). Categorical analysis made in the political-pedagogical projects of each participating school unit, complete this study. The body conception as "movement / life" stood out slightly on the others 30% or 3 teachers, followed by "Instrument / System", "Body" and "Set of organs" both with 2 teachers (20%) each and finally with only one mention (10%) we have, "Shelter of the Soul", "Health" and "Unit". For the work with the student´s body, we have 7 of the teachers (70%) only concerned with the intellect, excluding the body of the teaching-learning process, 3 (30%) working with "Movement / Coordination" and / or "Perception of self and space”, other 2 (20%) with " Music / Relaxation ". Besides these ones were detected other 4 units ("Ludic Activities", "With Respect", "Body Care" and "It is the duty of the elementary school Teacher") that´s represents 10% or a teacher for each. About the differences in working with the student´s body in full-time and part-time, 60% (6) judged to be necessary, justifying in 40% (4) cases by increasing school hours. The others 40% (4) does not judge to be necessary differences in work, stating should be equal to 20% (2) cases. About the political-pedagogical projects, in none were found references to the body / corporeity, your conception or handle. With the data analyzed, we identified the body predominantly in a utilitarian view, this being fragmented and seen as working parts, which works because of something or someone. The supremacy of the mind over the body is present in the professional practice of the teachers, paying attention only to the treatment of the head in their classrooms, leaving the body under the responsibility of the physical education teacher.
Palavras-chave: Corpo
Corporeidade
Educação Integral
Body
Corporeality
Integral Education
Área do CNPQ: Educação Física
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Educação Física
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citação: MAGRIN, Natália Papacídero. O corpo/corporeidade na Educação em tempo integral - Ciclo I. 2016. 72f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 16-Feb-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Natalia P Magrin.pdfDissert Natalia P Magrin1,49 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons