Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/325
Tipo: Dissertação
Título: Prevalência e fatores associados às limitações funcionais na mobilidade de idosos cadastrados na Estratégia de Saúde da Família do Município de Uberaba, MG
Autor: SANTOS, Rafaela Gomes 
Primeiro orientador: VIRTUOSO JÚNIOR, Jair Sindra
Resumo: Objetivo: identificar a prevalência de limitações funcionais na mobilidade e a associação com as variáveis sociodemográficas, variáveis de saúde, aspectos funcionais e comportamentais em idosos e estimar pontos de corte do tempo sentado para limitações funcionais na mobilidade de membros inferiores. Metodologia: foi realizado um estudo de base populacional de delineamento transversal, com amostra de 621 indivíduos representativos a população de 10.683 idosos (≥ 60 anos) cadastrados em 35 Equipes de Saúde da Família, na zona urbana do município de Uberaba, MG. A coleta dos dados foi realizada por meio de questionário e testes de desempenho físico. Foram utilizados procedimentos da estatística descritiva (frequência, média e desvio padrão) e análise inferencial com o uso da Regressão de Poisson na identificação dos fatores associados às limitações funcionais na mobilidade de membros inferiores, com estimativas das razões de prevalências. Foram estimados os pontos de corte do tempo sentado durante a semana e final de semana como discriminador da mobilidade reduzida por meio da Receiver Operating Characteristic (ROC) para homens e mulheres. Para todas as análises foram considerados o nível de significância p≤0,05 e intervalo de confiança (IC) de 95%. Resultados: Entre os idosos avaliados 20,0% apresentaram limitações funcionais na mobilidade de membros inferiores. Após análise multivariada foi observado associação da mobilidade reduzida para com o aumento da faixa etária, a condição de viuvez, classe econômica mais baixa, hospitalização nos últimos seis meses, percepção negativa do sono, dependência nas atividades básicas e instrumentais da vida diária, aumento no tempo sentado durante o final de semana e inatividade física. Os pontos de corte para mobilidade reduzida foram: >590 minutos/dia durante um dia útil da semana (sensibilidade 87,9 e especificidade 57,6) e >730 minutos/dia em um dia do final de semana (sensibilidade 45,5 e especificidade 79,9) para o sexo masculino e >580 minutos/dia (sensibilidade 67 e especificidade 69,6) durante um dia útil da semana e >690 minutos/dia (sensibilidade 47,3 e especificidade 82,1) para um dia do final de semana para o sexo feminino. Conclusão: Os idosos possuem elevada prevalência de limitações funcionais apresentando mobilidade reduzida.
Resumo: Objective: To identify the prevalence of functional limitations in mobility and the association with sociodemographic variables, variables of health, functional and behavioral aspects in the elderly and estimate cutoff points of time sitting for functional limitations in mobility of lower limbs. Methodology: it was held a populationbased study with a cross-sectional design, with a sample of 621 individuals representing the population of 10,683 elderly (≥ 60 years) registered in 35 Family Health Teams in the urban area of Uberaba, MG. The data collection was performed by means of a questionnaire and physical performance tests. The procedures used descriptive statistics (frequency, mean and standard deviation) and inferential analysis with the use of Poisson Regression in the identification of factors associated with functional limitations in mobility of the lower limbs, with estimates of prevalence ratios. Were estimated cut-off points of time sitting during the week and weekend as a discriminator of reduced mobility by means of Receiver Operating Characteristic (ROC) for men and women. For all analyzes were considered the significance level p≤0.05 and confidence interval (CI) of 95%. Results: Among the elderly included 20.0% had functional limitations in mobility of the lower limbs. After multivariate analysis was observed association of reduced mobility with increasing age, the condition of widowhood, lower economic class, hospitalization in the last six months, negative perception of sleep, dependence on basic and instrumental activities of daily living, increase in time sitting during the weekend, and physical inactivity. The cut-off points for reduced mobility were: > 590 minutes/day during a working day of the week (sensitivity 87.9 and specificity 57.6) and > 730 minutes/day in a day of the weekend (sensitivity 45.5 and specificity 79.9) for males and > 580 minutes/day (sensitivity 67 and specificity 69.6) during a working day of the week and > 690 minutes/day (sensitivity 47.3 and specificity 82.1) for one day of the weekend for the female sex. Conclusion: The elderly have a high prevalence of functional limitations presenting reduced mobility.
Palavras-chave: Idoso
Limitação funcional
Mobilidade de membros inferiores
Elderly
Functional limitation
Lower limb mobility
Área do CNPQ: Educação Física
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Educação Física
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citação: SANTOS, Rafaela Gomes. Prevalência e fatores associados às limitações funcionais na mobilidade de idosos cadastrados na Estratégia de Saúde da Família do Município de Uberaba, MG. 2013. 86f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 18-Dec-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Rafaela G Santos.pdfDissert Rafaela G Santos1,08 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons