Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/341
Tipo: Dissertação
Título: Prevalência de transtornos mentais e fatores associados em mulheres da cidade de Uberaba-MG: um estudo epidemiológico
Autor: HENRIQUES, Isadora Ferreira 
Primeiro orientador: CASTRO, Shamyr Sulyvan de
Resumo: Grande parte das populações no mundo passa por um considerável crescimento na carga de problemas de saúde mental. Os problemas psíquicos mais recorrentes são o Transtorno Mental Comum (TMC) e os Sintomas Depressivos (SD), que podem estar relacionados dentre outros fatores, a idades avançadas, ao gênero feminino, ao nível de atividade física (NAF), a medidas antropométricas como o Índice de Massa Corporal (IMC) e características sociodemográficas e econômicas. A investigação e o monitoramento das populações acerca da saúde mental são fundamentais, pois permite identificar os indivíduos com estes agravos e assim direcionar intervenções em saúde voltadas para este campo. Desta forma, o presente estudo teve por objetivo identificar a prevalência de TMC e SD bem como do NAF e IMC; as relações destas duas últimas variáveis com os indicadores psíquicos e as relações entre TMC e SD com os indicadores sociodemográficos e econômicos, em mulheres acima de 20 anos residentes na cidade de Uberaba, Minas Gerais. Trata-se de um estudo transversal de base populacional, como foco na identificação do perfil de saúde, oriundo do Inquérito de Saúde da Mulher na cidade de Uberaba-MG, 2014 (ISA-Mulher, 2014). A amostra (probabilística em múltiplos estágios) foi composta por 1520 mulheres. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas domiciliares, por entrevistadoras previamente treinadas. Para identificação e caracterização sociodemográfica e epidemiológica foi utilizado um bloco contendo informações demográficas e econômicas acerca da entrevistada. Para investigação dos TMC, foi utilizado o Self- Report Questionnaire (SRQ-20), sendo considerado o ponto de corte ≥ oito pontos para caracterizar a presença de TMC. O rastreio dos SD foi por meio da Center for Epidemiologic Studies-Depression (CES-D), com ponto de corte ≥ 16 pontos para positividade dos SD. O NAF foi mensurado por meio do IPAQ, sendo considerada ativa a mulher com pontuação ≥ 150 minutos (atividades moderadas) ou ≥ 120 minutos (atividades vigorosas). Foram mensurados peso e altura para cálculo do IMC. Para análise dos dados, utilizaram-se procedimentos da estatística descritiva (freqüências, média, desvio padrão), análise inferencial (teste Qui-quadrado) e análise multivariada (regressão de Poisson). As prevalências de TMC e SD foram respectivamente 29,67% e 31,55%. A maioria das mulheres foi classificada como ativa (90,26%) e com sobrepeso (38,54%). Não foi encontrada associação significativa entre a presença de TMC nem de SD em relação ao NAF e ao IMC de acordo com as faixas etárias. Houve significância entre os indicadores de transtornos mentais e as características sociodemográficas e econômicas, especificamente para as variáveis: nível de escolaridade e renda familiar.
Resumo: People around the world are suffering with an increase in mental health problems. The most frequent are Common Mental Disorder (CMD) and Depressive Symptoms (DS), which can be associated with older age, female, Physical Activity Level (PAL), anthropometric measures like Body Index Mass (BMI) and demographic/economic characteristics. The study of the mental health profile of the population is important, because it identifies people with this disease and it can direct health interventions in this area. This study aimed: to identify the prevalence of CMD, DS, PAL and BMI and the relation between CMD/DS with PAL and BMI and the relation between CMD/DS with demographic/economic indicators, in women over 20 years old in the city of Uberaba, Minas Gerais. It is a population-based cross-sectional study, focused on identifying the health profile, coming from the Inquérito de Saúde da Mulher, in the city of Uberaba- MG, 2014 (ISA-Mulher, 2014).The sample (multistage probabilistic) consisted by 1520 women.Data collection was performed by previously trained interviewers. To identify demographic and epidemiological characteristics it was used a questionnaire with this information. In order to investigate the CMD, it was used the Self-Report Questionnaire (SRQ-20), and it was considered the cutoff point ≥ eight points to characterize positive CMD. The screening of DS was carried out by the Center for Epidemiologic Studies- Depression (CES-D), with a cutoff point ≥ 16 points for positivity DS. The PALwas measured by IPAQ (International Physical Activity Questionnaire); it was considered active, women with ≥ 150 minutes (moderate activities) or ≥ 120 minutes (vigorous activity) score. Weight and height were measured to calculate BMI. For statistical analysis, it was used: descriptive statistics (frequency, mean, standard deviation); inferential analysis (chi-square test) and multivariate analysis (Poisson regression). CMD and DS prevalence were respectively 29.67% and 31.55%. Most of the women were classified as active (90.26%) and as overweight (38.54%). There was no significant association between the presence of TMC or SD in relation to the NAF and BMI according to age groups. There was significance between mental disorders' indicators and demographic / economic characteristics, specifically for the variables education level and family income.
Palavras-chave: Transtornos mentais
Depressão
Saúde mental
Atividade física
Exercício
Saúde da mulher
Mental disorders
Depression
Mental health
Motor Activity
Exercise
Women’s health
Área do CNPQ: Educação Física
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Educação Física
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citação: HENRIQUES, Isadora Ferreira. Prevalência de transtornos mentais e fatores associados em mulheres da cidade de Uberaba-MG: um estudo epidemiológico. 2016. 111f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 17-Feb-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Isadora F Henriques.pdfDissert Isadora F Henriques1,51 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons