Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/351
Tipo: Dissertação
Título: Validação da versão brasileira do World Health Organization Disability Assessment Schedule (WHODAS 2.0) e o perfil sociodemográfico e aspectos clínicos de adultos com baixa visão
Autor: SALOMÃO, Angélica Emboaba 
Primeiro orientador: PEREIRA, Karina
Resumo: A baixa visão é uma alteração irreversível na função visual, que pode influenciar nas condições de saúde. Por isso, o uso de instrumentos validados torna-se importante para a avaliação dessa população. Desse modo, os objetivos deste estudo foi: traçar o perfil sociodemográfico e os aspectos clínicos das pessoas com baixa visão; e verificar a validade do instrumento de avaliação WHODAS 2.0 nessa população. Assim foram recrutadas 125 pessoas com baixa visão a partir de uma amostra por conveniência de instituições especializadas ao atendimento dessa população. As pessoas foram entrevistadas utilizando um formulário estruturado sociodemográfico, Mini Exame do Estado Mental (MEEM), a Escala de Lawton e Brody, WHOQOL-Abreviado e o WHODAS 2.0. Para testar as propriedades psicométricas do WHODAS 2.0 os participantes foram avaliados em 3 momentos distintos, sendo a primeira e a segunda etapa realizada por um mesmo avaliador e a terceira etapa com um avaliador diferente. Evidenciou-se nessa amostra a prevalência do sexo masculino (59,2%), idade média de 49,9 anos (±13,4), cor branca (56%), solteiro (36%), aposentado (55,2%), e com 4 a 8 anos de escolaridade (34,4%). Com relação aos aspectos clínicos, prevaleceu a retinose pigmentar (51,2%), o uso de serviço público de saúde (72%), ausência de comorbidades (45,6%) e ausência de dor (55,2%). A escala de Lawton e Brody atingiu uma média na pontuação de 16,4±3,6 havendo diferença significativa no estado civil, escolaridade e profissão. O WHOQOL-Abreviado de 61,3±11,8, mostrando uma diferença significativa com o sexo, escolaridade, tipo de gestão de ensino, e o tipo de serviço de saúde. Com relação a validação do instrumento WHODAS 2.0 foi adequada na propriedade de consistência interna na maioria dos domínios (α≥0,64), exceto em atividades escolares e de trabalho (α=0,14). Na validade de critério convergente e divergente houve correlação moderada e significativa (p<0,05) entre os domínios do WHODAS 2.0 com o WHOQOL-Abreviado. Nas confiabilidades teste-retestee inter-avaliadores houve significativa correlação em todos os domínios do WHODAS 2.0. Desta forma, demonstrou-se que o perfil das pessoas com baixa visão, frequentadores de associações especializadas, revela situações razoáveis de escolaridade em homens brancos e solteiros em idade economicamente ativa beneficiados com aposentadoria. Ademais, constatou-se que o WHODAS 2.0 foi válido e confiável para o uso em adultos com baixa visão a partir da investigação das propriedades psicométricas de consistência interna, validade de constructo convergente e divergente, teste reteste e inter-avaliadores.
Resumo: The low vision is an irreversible change in visual function that may influence health conditions. Therefore, the use of validated instruments becomes important for the assessment of this population. In this way, the objectives of this study were: map the sociodemographic and clinical aspects of people with low vision; and check the validity of WHODAS 2.0 assessment tool in this population. Thereby were recruited 125 people with low vision, composing a convenience sample from specialized institutions of this population. People were interviewed using a structured sociodemographic form, the Mini Mental State Examination (MMSE), the Lawton and Brody’s Scale, the WHOQOL- Bref and WHODAS 2.0. To test the psychometric properties of WHODAS 2.0 the participants were evaluated on 3 distinct stages, the first and second step performed by the same examiner and the third step with a different examiner. It was evident that show the prevalence of males (59.2%), mean age 49.9 years (± 13.4), white (56%), single (36%), retired (55.2%), and 4 to 8 years of education (34.4%). Regarding clinical aspects, prevailed retinitis pigmentosa (51.2%), the use of the public health service (72%), absence of comorbidities (45.6%) and absence of pain (55.2%). The Lawton and Brody`s scale averaged the score of 16.4 ± 3.6 with a significant difference in marital status, education and profession. The WHOQOL-Abbreviated 61.3 ± 11.8, showing a significant difference by gender, education, type of education management, and the type of health service. Regarding the validation of WHODAS 2.0 instrument was adequate in the internal consistency of property in most areas (α ≥0, 64) except in school activities and work (α = 0.14). The validity of convergent and divergent criteria were moderate and significant correlation (p < 0.05) between the fields of WHODAS 2.0 with WHOQOL- Abbreviated. In the test-retest reliability and inter-rater correlation was found in all areas of WHODAS 2.0. Thus, it was shown that the profile of people with low vision patrons of specialized associations, reveals reasonable educational situations in white and single men of working age benefit from retirement. Furthermore, it was found that the WHODAS 2.0 was valid and reliable for use in adults with low vision from the investigation of the psychometric properties of internal consistency, convergent and divergent validity of construct, test-retest and inter-rater.
Palavras-chave: Estudos de Validação
Transtornos da visão
Pessoas com Deficiência
Adulto
Epidemiologia
Validation Studies
Vision Disorders
Disabled Persons
Adult
Epidemiology
Área do CNPQ: Educação Física
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Educação Física
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citação: SALOMÃO, Angélica Emboaba. Validação da versão brasileira do World Health Organization Disability Assessment Schedule (WHODAS 2.0) e o perfil sociodemográfico e aspectos clínicos de adultos com baixa visão. 2016. 81f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 26-Feb-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Angelica E Salomao.pdfDissert Angelica E Salomao4,19 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons