Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/360
Tipo: Dissertação
Título: O corpo no ensino superior: um estudo com os professores do Curso de Licenciatura em Educação Física
Autor: FRANCO, Carlos Roberto
Primeiro orientador: MOREIRA, Wagner Wey
Resumo: Considerando o ensino superior como espaço de aprendizagem das novas gerações profissionais, torna-se fundamental investigar e analisar as demandas do corpo nos cursos de licenciatura. Este trabalho objetivou investigar, no discurso dos professores que atuam na docência dos cursos de licenciatura em Educação Física da região sul do estado de Goiás, a percepção que têm de corpo. O trabalho aborda o curso de formação de professores e seus pressupostos na construção de uma identidade docente que supere a dicotomia platônica cartesiana que gerou a visão de corpo como máquina e objeto; aborda a Teoria da Corporeidade como tentativa de superar a dicotomia histórica entre corpo e mente presente na Educação Física; apresenta influências que determinaram as concepções ao longo da história, da antiguidade clássica aos dias atuais; por fim, apresenta as influências sofridas pelo corpo na escola para fazer reflexões sobre as concepções que os ingressantes têm ao chegar ao ensino superior. A pesquisa fez uso, como procedimento metodológico, da pesquisa qualitativa e exploratória. Como técnica de investigação, foi utilizada entrevistas registradas em áudio e vídeo. Para as análises, foi utilizada a Técnica de Elaboração e Análise de Unidades de Significado. Com resultados encontrados pelas unidades de significado, foi possível identificar nos discursos dos professores concepções que aludem a uma visão de corpo que se aproxima de uma compreensão existencial. Por isso, talvez seja necessário oferecer uma proposta que oriente e lhes dê sustentação, que se apresente como um direcionamento para suas práticas educativas e formativas quando se trata da corporeidade. Nesse sentido, propõe-se a Teoria da Corporeidade como possibilidade de trato sobre o corpo, a qual o redefiniria nas aulas de Educação Física, não só pelo corpo em movimento, mas também pelo corpo do ser humano que se movimenta.
Resumo: Given that universities are the learning environment for a new generation of professionals, it is imperative to investigate and analyze the demands of the body in undergraduate teacher development courses. This paper aims at investigating the perception of the body in the discourse of teachers who work in undergraduate courses in Physical Education in the southern area of Goiás state. In the beginning of the development of this research I approach the teacher development course and its assumptions in building a professional identity that overcomes the Cartesian Platonic dichotomy that generated the idea of the body as a machine and as an object. Then, I address the Bodiliness Theory as an attempt to overcome the historical dichotomy between body and mind present in Physical Education. After that, I present the influences that have determined the conceptions of the body throughout history, from the Greek civilization to nowadays. Then, I present reports of the influences experienced by the body at school for further reflection upon the students’ conceptions of the body in the beginning of their undergraduate studies. As a methodological procedure, I employed the qualitative and exploratory research. As an investigative technique, interviews were recorded both on audio and video and analyzed by means of the Development and Analysis of Meaningful Units Technique. Based on the results from the meaningful units analysis, it was possible to identify, in the teachers’ discourse, conceptions that show an understanding of the body that is close to an existential understanding, and, because of this, it might be necessary to offer a proposal that guides and sustains them as a guide to their educational and formative practices concerning the bodiliness. In that sense, the Corporeity Theory is presented as a possible approach to the body, which could redefine it in Physical Education classes, not only by the body in motion, but arising from the body of the human being that is actually moving.
Palavras-chave: Corpo
Licenciatura em Educação Física
Formação de professores
Corporeidade
Body
Physical Education
Undergraduate Teacher development course.
Teacher development
Bodiliness
Área do CNPQ: Educação Física
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Educação Física
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citação: FRANCO, Carlos Roberto. O corpo no ensino superior: um estudo com os professores do Curso de Licenciatura em Educação Física. 2016. 104f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 18-Feb-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Carlos R Franco.pdfDissert Carlos R Franco878,87 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons