Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/394
Tipo: Dissertação
Título: Modulação da resposta celular e da via de sinalização do IFN-γ pela Glucuronoxilomanana (GXM) de Cryptococcus neoformans
Autor: ARAÚJO, Alessandra da Silva 
Primeiro orientador: TEIXEIRA, David Nascimento Silva
Resumo: A criptococose é uma micose sistêmica causada por Cryptococcus neoformans e Cryptococcus gattii, leveduras capsuladas, que acometem principalmente indivíduos imunocomprometidos e imunocompetentes, respectivamente. A infecção ocorre após a inalação de propágulos do microrganismo dispersos no ar, que posteriormente penetram nos pulmões, com tendência para invadir o sistema nervoso central (SNC). A cápsula polissacarídica é o principal fator de virulência desse fungo, composta majoritariamente por glucuronoxilomanana (GXM), componente de superfície mais externo, com grande potencial imunogênico que parece ser fundamental na proteção desses fungos contra as defesas do hospedeiro. Neste trabalho avaliamos os efeitos imunoregulatórios da GXM obtida do C. neoformans sobre a resposta de células polimorfonucleares (PMN) e mononucleares humanas de sangue periférico (PBMC) ao IFN-γ recombinante. No primeiro momento avaliamos o efeito da GXM sobre a produção de CXCL10 após estimulação com IFN-γ no sobrenadante de cultura celular, e em seguida investigamos intracelularmente em PMN e PBMC a produção desta quimiocina através de citometria de fluxo. Os resultados mostraram que a GXM possui capacidade de modular a resposta de PMN e PBMC ao IFN-γ, através da diminuição na produção de CXCL10. Posteriormente, avaliamos a expressão do receptor do IFN-γ (IFN- γR1/CD119) por citometria de fluxo. Os dados obtidos mostram que a GXM modula negativamente a expressão desse receptor. Por fim, monócitos humanos apresentaram redução significativa na fosforilação de STAT1 após pré-tratamento in vitro com GXM. Deste modo, nosso estudo demonstrou que a GXM de C. neoformans interfere na modulação da resposta ao IFN-γ e na sua via de sinalização em PMN e PBMC. Os resultados obtidos no presente estudo auxiliam no entendimento dos mecanismos patogênicos utilizados pelo C. neoformans na evasão do sistema imune, podendo contribuir para o desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas para a criptococose.
Resumo: Cryptococcosis is an systemic fungal infection caused by Cryptococcus neoformans and Cryptococcus gattii, encapsulated yeasts, affecting mainly immunocompromised and immunocompetent individuals respectively. Infection occurs after inhalation of microorganism’s propagules dispersed in the air, which subsequently penetrates into the lungs, with a tendency to invade the central nervous system. The polysaccharide capsule is the main virulence factor of this fungus, composed mostly of glucuronoxilomanan (GXM), an outer surface component, with great immunogenic potential that appears to be essential in protecting these fungi against host defenses. In this work we evaluate the immunoregulatory effects of GXM obtained from C. neoformans on polymorphonuclear (PMN) and peripheral blood human mononuclear cell (PBMC) response to recombinant human IFN-γ. Initially, we evaluated the effect of GXM on CXCL10 production in cell culture supernatants and subsequently, the intracellular chemokine production in PMNs and PBMCs by flow cytometry. The results showed that GXM modulates PMN and PBMC response to IFN-γ by reducing CXCL10 production. The evaluation of IFN-γ receptor alpha chain (IFN- γR1/CD119) expression by flow cytometry revealed that GXM reduces the expression of this receptor. Finally, human monocytes significantly reduced STAT1 phosphorylation after in vitro incubation with GXM. Thus, our study demonstrated that GXM from C. neoformans interferes with cellular response to IFN-γ and its signaling pathways in human PMN and PBMC. The data obtained in the present study increases the understanding of pathogenic mechanisms used by C. neoformans to escape host’s immune system, and may contribute to development of new therapeutic strategies for cryptococosis.
Palavras-chave: Cryptococcus.
Glucuronoxilomanana (GXM).
CXCL10.
IFN-γR1.
STAT1.
Cryptococcus.
Glucuronoxilomanan (GXM).
CXCL10.
IFN-γR1.
STAT1.
Área do CNPQ: Ciências Biológicas
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Medicina
Programa: Curso de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas - Parasitologia, Imunologia e Microbiologia
Citação: ARAÚJO, Alessandra da Silva. Modulação da resposta celular e da via de sinalização do IFN-γ pela Glucuronoxilomanana (GXM) de Cryptococcus neoformans. 2015. 96f. Dissertação (Mestrado em Ciências Fisiológicas) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 29-May-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Alessandra S Araujo.pdfDissert Alessandra S Araujo1,03 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons