Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/400
Tipo: Dissertação
Título: Processo de seleção de membro superior durante tarefa de alcance pós acidente vascular encefálico (AVE)
Autor: VIEIRA, Paula Cíntia dos Santos 
Primeiro orientador: SOUZA, Luciane Aparecida Pascucci Sande
Resumo: É comum após a ocorrência de um Acidente Vascular Encefálico (AVE) uma tendência em evitar o uso do membro superior parético. Além do déficit motor, podem influenciar nesta escolha a lateralidade, os requisitos espaciais da tarefa e o desempenho de cada membro, onde destaca-se o tempo de reação de escolha (TRE) e a atividade muscular. Uma avaliação precoce deste processo torna-se importante, tendo em vista a maior propensão ao aprendizado durante a fase inicial pós ictus. Assim, objetivou-se primeiramente, um conhecimento maior do TRE no pós AVE e, ao emprega-la como meio de avaliação, verificar como ocorre a seleção do membro superior no desempenho da tarefa de alcance em indivíduos pós AVE, em fase subaguda de recuperação, e em indivíduos saudáveis, relacionando os resultados obtidos às características espaciais da tarefa, aos valores de TRE obtidos e à atividade eletromiográfica durante o movimento. Para tal, foi realizada uma revisão sistemática verificando a utilização do TRE nos últimos dez anos, como ferramenta avaliativa pós AVE. Dos 1.363 artigos encontrados, 14 foram incluídos para análise, onde foi constatado pouco detalhamento da tarefa de TRE utilizada, além da escassez de seu uso como ferramenta de avaliação da capacidade cognitiva, em detrimento da capacidade motora. Foi então realizado um segundo estudo que utilizou o TRE na avaliação do processo de seleção de membro superior durante tarefa de alcance em indivíduos pós AVE e indivíduos saudáveis, onde foi observada uma preferência pelo uso do membro dominante, por alcances ipsilaterais em ambos os grupos e pelo uso do membro parético no grupo AVE. Além disso, TRE se apresentou significativamente maior no grupo AVE comparado ao grupo saudável (z=-2,814; p=0,005) e no membro parético comparado ao não parético (z=-1,962; p=0,05). Na análise do RMS, para o músculo deltoide esta variável se apresentou significativamente maior no membro dominante (z=-2,477; p=0,013) e menor no membro parético (z=- 3,140; p=0,02); para o músculo bíceps braquial foi significativamente maior no grupo AVE (z=-5,648; p=0,00) e no membro dominante (z=-2,046; p=0,041), e menor no membro parético (z=-2,725; p=0,006); e para o músculo tríceps braquial, o RMS se apresentou menor no membro parético comparado ao não parético (z=-2,430; p=0,015). Assim, o primeiro estudo contribuiria para a prática clínica enfatizando o uso do TRE como ferramenta avaliativa, e o segundo estudo, direcionando ações terapêuticas.
Resumo: It is common after a stroke occurrence a tendency to avoid the use of the paretic upper limb. In addition to the motor deficit, can be influenced in this choice the laterality, the task spatial requirements and the each arm performance, which the choice reaction time (CRT) and muscle activity are highlighted. An early evaluation of this process becomes important, in view of the greater propensity to learn during the post-stroke initial phase. Thus, it was a first goal to obtain a better understanding of the CRT in post-stroke and, when it used as a means of evaluation, to verify how the upper limb selection occurs in the reaching task performance in post-stroke individuals on the subacute recovery phase and in healthy individuals, relating the obtained results to the task spatial characteristics, the CRT values obtained and the electromyographic activity during the movement. For this, a systematic review was carried out to verify the CRT use in the last ten years, as an evaluation tool after stroke. Of the 1,363 articles found, 14 were included for analysis, which it was found a little detail of the CRT tasks used, besides the scarcity of its use as a tool to cognitive ability assessment, in detriment of motor capacity assessment. Then, a second study was carried out using the CRT in the assessment of the upper limb selection process during the reaching task in post stroke individuals and healthy individuals, which a preference for the use of the dominant limb was observed, besides for ipsilateral reaches in both groups and for the use of the paretic arm in the stroke group. In addition, CRT was significantly higher in the stroke group when it compared to the healthy group (z = -2.814, p = 0.005) and in the paretic arm when it compared to the nonparetic arm (z = -1,962, p = 0.05). In the RMS analysis, for deltoid muscle, this variable was significantly higher in the dominant arm (z = -2.477, p = 0.013) and lower in the paretic arm (z = -3,140, p = 0.02); for the biceps brachii muscle was significantly higher in the stroke group (z = -5.648, p = 0.00) and in the dominant arm (z = -2.046, p = 0.041), and lower in the paretic arm (z = -2.725; = 0.006); and for the triceps brachii muscle, RMS was lower in the paretic arm compared to the nonparetic arm (z = -2.430, p = 0.015). Thus, the first study would contribute to clinical practice emphasizing the use of CRT as an evaluation tool, and the second study, directing therapeutic actions.
Palavras-chave: Acidente Vascular Encefálico.
Alcance.
Tempo de Reação de Escolha.
Eletromiografia.
Stroke.
Reaching.
Choice Reaction Time.
Electromyography.
Área do CNPQ: Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Educação Física
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citação: VIEIRA, Paula Cíntia dos Santos. Processo de seleção de membro superior durante tarefa de alcance pós acidente vascular encefálico (AVE). 2017. 72f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2017.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 11-Apr-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Paula C S Vieira.pdfDissert Paula C S Vieira1,03 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons