Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/494
Tipo: Dissertação
Título: Prevalência e fatores associados ao abuso e provável dependência de álcool entre idosos da zona urbana do município de Uberaba-MG
Título(s) alternativo(s): Prevalence and factors associated with alcohol abuse and probable alcohol dependence among the elderly in the urban area of Uberaba-MG
Autor: GUIMARÃES, Mariana Silva Freitas 
Primeiro orientador: TAVARES, Darlene Mara dos Santos
Resumo: O alcoolismo é uma doença crônica, caracterizada pela dependência à substância alcoólica. No idoso o consumo vem aumentando substancialmente a cada dia, contribuindo para o desenvolvimento de morbidades, numero de mortalidades e internações hospitalares. As alterações fisiológicas devido à idade avançada fazem aumentar os efeitos do álcool no organismo, com isto os idosos ficam mais propensos a enfermidades. Desta forma, torna-se fundamental conhecer os fatores associados à sua ocorrência em idosos, a fim de contribuir para elucidação deste fenômeno e contribuir com a sua prevenção. Este estudo objetivou verificar a prevalência do abuso e provável dependência do álcool em idosos; descrever as características sociodemográficas, econômicas, indicativo de presença de sintomas depressivos e morbidades dos idosos residentes na zona urbana do município de UberabaMG; e verificar a associação entre o abuso e provável dependência do álcool com as variáveis: sexo, faixa etária, renda, escolaridade, indicativo de presença de sintomas depressivos e número de morbidades. Trata-se de inquérito domiciliar, transversal e analítico conduzido com 614 idosos que vivem na zona urbana do município de Uberaba-MG. Foram utilizados: formulário para caracterização dos dados sociodemográficos e econômicos; Mini Exame do Estado Mental; Questionário Older Americans Resources and Services; Escala de Depressão Geriátrica Abreviada; e Michigan Alcoholism Screening Test – Geriatric Version. Procedeu-se à análise descritiva, testes qui-quadrado, razão de prevalência, razão de chances de prevalência e modelo de regressão logística binomial múltipla (p<0,05), por meio do programa Statiscal Package for Social Sciences (SPSS), versão 21.0. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos, da UFTM, Nº 573.833. A prevalência do abuso e provável dependência do álcool em idosos foi de 26,5%. As características sociodemográficas e econômicas dos dois grupos, com e sem abuso e provável dependência do álcool, foram semelhantes, predominando idosos com 60 |- 70 anos, que moravam com esposo (a) ou companheiro (a) e com escolaridade de 1 |- 5 anos de estudo. As exceções se fazem para os sexos, em que entre os idosos com abuso do álcool predominou o masculino e, para os sem abuso, o feminino; e renda mensal individual, em que a maioria dos idosos comabuso do álcool recebiam 1 -| 3 salários mínimos, e os sem abuso do álcool até um salário mínimo. Tanto os idosos com abuso e provável dependência do álcool quanto os que não possuíam abuso apresentaram maior percentual para cinco ou mais morbidades e ausência de indicativo de presença de sintomas depressivos. O abuso e provável dependência do álcool foram associados ao sexo masculino e a presença de indicativo de sintomas depressivos. Estes resultados contribuíram para o conhecimento acerca do uso, abuso e provável dependência do álcool em idosos, bem como os fatores a ele associados. Além de propiciar subsídios para o desenvolvimento de estratégias de ações de saúde com a finalidade de promoção a saúde, a prevenção de doença e reabilitação do idoso que faz uso abusivo do álcool.
Resumo: Alcoholism is a chronic disease characterized by addiction to alcohol. Among the elderly, the consumption is increasing substantially each day, contributing to the development of morbidities, number of mortalities and hospitalizations. Physiological changes due to old age increase the effects of alcohol on the body, so the elderly are more prone to illness. Thus, it is essential to know the factors associated with its occurrence in the elderly, in order to contribute to the elucidation of this phenomenon and contribute to its prevention. This study aimed to verify the prevalence of alcohol abuse and probable dependence in the elderly; describing the sociodemographic and economic characteristics as well as indicatives of the presence of depressive symptoms and morbidities of the elderly living in the urban area of the city of Uberaba-MG; and to verify the association between abuse and probable alcohol dependence with the variables: gender, age, income, schooling, indicatives of the presence of depressive symptoms and number of morbidities. This is a household, cross-sectional and analytical survey conducted with 614 elderly people living in the urban area of the city of Uberaba-MG. We used: form for characterization of socio-demographic and economic data; Minor Mental State Examination; Older Americans Resources and Services Questionnaire; Geriatric Depression Scale; And Michigan Alcoholism Screening Test - Geriatric Version. Chi-square tests, prevalence ratio, prevalence odds ratio and multiple binomial logistic regression model (p <0.05) were performed using the Statiscal Package for Social Sciences (SPSS), version 21.0. The project was approved by the Ethics Committee on Human Research of UFTM, Nº 573.833. The prevalence of abuse and probable alcohol dependence in the elderly was 26.5%. The sociodemographic and economic characteristics of the two groups with and without abuse and probable dependence on alcohol were similar, predominantly in elderly with 60 |- 70 years old, who lived with husband, wife or partner and with schooling of 1 |- 5 years of study. Exceptions are made for the genders in which the elderly men with alcohol abuse predominated the male and for the non-abusive the female; And individual monthly income, in which the majority of elderly people with alcohol abuse received 1 -| 3 minimum wages, and those without alcohol abuse up to a minimum wage. The elderly with alcohol abuse and probable dependence and those who did not have abuse both presented a higher percentage for five or more morbidities and absence of an indication of the presence of depressive symptoms. Abuse and probable alcohol dependence were associated with males and the presence of an indication of depressive symptoms. These results contributed to the knowledge about the use, abuse and probable dependence of alcohol in the elderly, as well as the associated factors. In addition to providing subsidies for the development of health action strategies for the purpose of health promotion, disease prevention and rehabilitation of the elderly who abuse alcohol.
Palavras-chave: Idoso.
Alcoolismo.
Uso de álcool.
Prevalência.
Enfermagem geriátrica.
Elderly.
Alcoholism.
Alcohol use.
Prevalence.
Geriatric nursing.
Área do CNPQ: Ciências da Saúde
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Enfermagem
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde
Citação: GUIMARÃES, Mariana Silva Freitas. Prevalência e fatores associados ao abuso e provável dependência de álcool entre idosos da zona urbana do município de Uberaba-MG. 2016. 97f. Dissertação (Mestrado em Atenção à Saúde) - Programa de Pós-Graduação em Atenção à Saúde, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2016.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 20-Dec-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Mariana S F Guimarães.pdfDissert Mariana S F Guimarães1,43 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons