Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/541
Tipo: Dissertação
Título: Validação do World Health Organization Disability Assessment Schedule (WHODAS 2.0) para pessoas com obesidade mórbida
Autor: BORGES, Kátia Ariana 
Primeiro orientador: CASTRO, Shamyr Sulyvan de
Resumo: A obesidade mórbida apresenta-se na literatura como uma doença crônica não transmissível que pode afetar todos os aspectos biopsicossociais do sujeito. No que tange a realidade brasileira, estudos capazes de mensurar o nível de funcionalidade e deficiência da população em questão, são escassos. Dessa forma, o presente estudo teve como objetivo primário realizar o estudo da validade e confiabilidade do instrumento World Health Organization Disability Assessment Schedule (WHODAS 2.0) para aferição da funcionalidade em pessoas com obesidade mórbidae, como secundários objetivou-se analisar a qualidade de vida de pessoas com obesidade mórbida e a capacidade física e funcional apresentada, além de identificar os papéis ocupacionais auto-atribuídos, percebidos e a importância designada a cada um deles pelas pessoas pesquisadas. Este estudo de natureza metodológica, também pautou-se em uma pesquisa quantitativa descritiva, com abordagem exploratória e transversal para responder aos objetivos secundários. Para coleta dos dados utilizou-se a versão de 36 itens do WHODAS 2.0, a Escala Curta de Qualidade de Vida (WHOQOL – BREF), o teste de Caminhada de Seis Minutos (TC6’) e a Lista de identificação de Papéis Ocupacionais. Os dados sociodemográficos e clínicos foram coletados por meio de uma entrevista inicial elaborada pelos pesquisadores. No total, participaram deste estudo 60 adultos com Índice de Massa Corporal (IMC) igual ou superior a 40 kg/m² cadastrados no Setor de Cirurgia do Aparelho Digestório (CAD) em um hospital de ensino de uma universidade pública do Triângulo Mineiro, do estado de Minas Gerais.Os resultados obtidos através dos testes psicométricos realizados na primeira avaliação mostraram consistência interna total de 0,93, verificada por meio do coeficiente alfa de Cronbach. O teste re-teste apresentou boa e excelente confiabilidade com resultados do Coeficiente de Correlação Intraclasse variando de 0,67 a 0,81. No que se refere à validade de critério convergente e divergente observou-se correlação moderada e significativa com a maioria dos domínios do WHOQOL – BREF, relação divergente entre o WHODAS 2.0 e o TC6’ e correlação forte entre o domínio Atividades escolares e de Trabalho do WHODAS 2.0 com o papel de Trabalhador da Lista de identificação de Papéis Ocupacionais. Quanto à qualidade de vida os dados evidenciaram prejuízos significativos em todos os domínios com ênfase no Físico, já a capacidade física e funcional demonstrou estar reduzida. Perdas de papéis ocupacionais considerados importantes para a amostra no tempo presente também foram encontradas. O Estudo evidenciou que o WHODAS 2.0 apresenta propriedades psicométricas adequadas para o uso em pessoas com obesidade mórbida. Destaca-se a importância de novos estudos que possam aprofundar arelação entre funcionalidade, qualidade de vida, capacidade física e funcional e papéis ocupacionais de pessoas com obesidade mórbida.
Resumo: Morbid obesity is presented in literature as a chronic non-transmissible disease that can affect every biopsychosocial aspect of an individual. Considering the Brazilian reality, scarce are the studies capable of measuring the level of functionality and deficiency of the population affected by it. Thus, this study aimed primarily at validating the World Health Organization Disability Assessment Schedule (WHODAS 2.0) to assess the functionality of people with morbid obesity. Its secondary objectives are the analysis of the quality of life of morbidly obese people and the physical and functional abilities they present, as well as the identification of their self-attributed and perceived occupational roles, as well as the importance the investigated people give to them. This study is of a methodological nature, though, to answer its secondary objectives, it was also based on a quantitative and descriptive research that had an exploratory and cross-sectional approach. In order to collect the data, the 36 item version of the WHODAS 2.0, the Short Quality of Life Scoring (WHOQOL – BREF), as well as the Six Minute Walk Test (6MWT) and the List for the Identification of Occupational Roles (LIOR) were used. Sociodemographic and clinical data were collected through an initial interview elaborated by the researchers. In total, 60 adults participated in this study, all with a Body Mass Index (BMI) of over 40kg/m² and registered in the digestive tract surgery ward of the general hospital of a public university in the Triângulo Mineiro, Minas Gerais. The results obtained through psychometric tests conducted in the first evaluation have shown a total internal consistency of 0.93, verified through the Cronbach’s alpha coefficient. The re-test test and the inter-evaluators have presented good and excellent reliability with the results of the intraclass Correlation Coefficient, varying from 0.67 and 0.95. Regarding the validity of a converging and diverging criteria, a moderate and significant correlation has been noted with most of the WHOQOL – BREF domains, together with a diverging relation between the WHODAS 2.0 and the 6MWT, and a strong correlation between the domains School Activities and WHODAS 2.0 work, and the role of the LIOR worker. Considering their quality of life, data have shown significant damages in all domains, especially in the physical one, while physical and functional capacity were shown to be diminished. Losses of occupational roles considered to be important by the sample were also found. The study showed that the WHODAS 2.0 presents meaningful psychometric properties, adequate for the use in people who are morbidly obese. It is also necessary to highlight the importance of other studies, able to find deeper connections betweenfunctionality, quality of life, physical and functional capacity, and the occupational roles of morbidly obese people.
Palavras-chave: Estudos de Validação.
Condições de Saúde.
Obesidade Mórbida.
Validation Studies.
Health Conditions.
Morbity Obesity.
Área do CNPQ: Ciências da Saúde
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Enfermagem
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde
Citação: BORGES, Kátia Ariana. Validação do World Health Organization Disability Assessment Schedule (WHODAS 2.0) para pessoas com obesidade mórbida. 2017.116f.. Dissertação (Mestrado em Atenção à Saúde) - Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2017 .
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 26-Jan-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Katia A Borges.pdfDissert Katia A Borges2,01 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons