Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/547
Tipo: Dissertação
Título: A perspectiva familiar diante da revelação da orientação homossexual de jovens e adultos
Autor: NASCIMENTO, Geysa Cristina Marcelino 
Primeiro orientador: SCORSOLINI-COMIN, Fábio
Resumo: Considerando as novas perspectivas acerca da homossexualidade masculina e feminina e do processo de coming out, o objetivo geral da presente Dissertação foi investigar de que modo a revelação da orientação sexual de jovens adultos homossexuais tem repercutido na dinâmica familiar, na perspectiva de seus pais, irmãos e dos próprios homossexuais. Trata-se de dois estudos, um de revisão integrativa da literatura científica, e o outro de casos múltiplos, de corte transversal, amparado na abordagem qualitativa de pesquisa. Especificamente, o Estudo 1 teve como objetivo compreender, por meio de uma revisão integrativa da literatura, quais as repercussões da revelação da orientação sexual nas relações familiares de jovens adultos homossexuais. A partir das bases LILACS, MEDLINE, PePSIC, PsycINFO e SciELO (publicadas entre janeiro de 2006 e maio de 2016), foram recuperados 38 artigos. Predominaram estudos qualitativos com pessoas homossexuais, o que limitou o conhecimento do coming out para a família, uma vez que apenas um membro foi ouvido. Notou-se que as famílias ficaram surpresas com a revelação, demandando tempo para elaborarem os novos caminhos trilhados pelos(as) filhos(as), bem como para compreenderem as alterações nos sonhos que haviam almejado para os mesmos. Também foram observados casos em que jovens buscaram a rede social como uma referência de apoio no processo de coming out. A partir da análise, observa-se a necessidade de novos estudos que abarquem o tema, a fim de ampliar a visibilidade do processo de revelação da orientação sexual. O Estudo 2, por sua vez, objetivou conhecer as percepções de mães, pais, irmãos(ãs) e dos(as) homossexuais acerca da repercussão do coming out na família. Utilizando-se da entrevista em profundidade e do Diagrama de Escolta, foram investigados oito casos (oito homossexuais e seus respectivos núcleos familiares – pais, mães e irmãos), totalizando 24 participantes. As entrevistas e os diagramas foram submetidos à análise de conteúdo temático, na qual puderam ser construídos dois eixos/categorias, visando localizar semelhanças e diferenças entre os casos: 1) As percepções de mães, pais e irmãos(ãs) acerca do coming out: o início e o processo da revelação da orientação sexual e 2) A homossexualidade e suas repercussões na vida de gays e lésbicas no núcleo familiar. As famílias, com certa dificuldade e resistência, aceitam ou ainda estão em processo de aceitação de seus(suas) filhos(as), sendo observada alta recusa dos pais em falar sobre o assunto. Os irmãos dos homossexuais desempenharam um papel importante no sentido de promover maior aproximação entre os membros e ajudar os genitores no processo de aceitação. Alguns movimentos de preconceitos velados puderam ser depreendidos, tornando lícita a afirmação de que a aceitação é um processo construído ao longo do tempo e das experiências em família. Apesar das especificidades de cada núcleo, de forma geral, nos dois estudos, notou-se que a maior parte das famílias, depois de um tempo após a revelação, conseguiu aceitar a orientação sexual ou, pelo menos, elaborar uma convivência harmoniosa com os(as) filhos(as).
Resumo: Considering the new perspectives on male and female homosexuality and the coming out process the general goal of this dissertation was to investigate how the revelation of the sexual orientation of young adult homosexuals has reverberated on the family dynamics from the perspective of their parents, siblings and the homosexuals themselves. These are two studies, one integrative revision of the scientific literature, and the other of multiple, crosssectional cases supported by the qualitative research approach. Specifically, Study 1 aimed to understand, through an integrative review of the literature, the repercussions of disclosure of sexual orientation on the family relationships of young adult homosexuals. From the databases LILACS, MEDLINE, PePSIC, PsycINFO and SciELO (published between January 2006 and May 2016), 38 articles were retrieved. Qualitative studies with homosexual people predominated, which limited the knowledge of the coming out for the family, since only one member was heard. It was noted that families were surprised by the revelation, taking time to elaborate the new paths their children had taken, as well as to understand the changes in their dreams for them. Cases in which young people sought the social network as a reference of support in the coming out process were also observed. From the analysis, it is noticeable the need for new studies that cover the theme in order to increase the visibility of the process of disclosure of sexual orientation. Study 2, in turn, aimed to get to know the perceptions of mothers, fathers, siblings and homosexuals about the repercussion of the coming out in the family. Using the in-depth interview and Escort Diagram, eight cases (eight homosexuals and their respective families - fathers, mothers and siblings) were investigated, a total of 24 participants. The interviews and diagrams were submitted to the analysis of thematic content, in which two axes / categories could be constructed, aiming to locate similarities and differences between the cases: 1) The perceptions of mothers, fathers and siblings about the coming out: the beginning and the process of disclosure of sexual orientation and 2) homosexuality and its repercussions on the life of gays and lesbians in the family nucleus. Families, with some difficulty and resistance, accept or are still in the process of accepting their children, with high refusal by parents to talk about it. Siblings of homosexuals played an important role in promoting greater rapprochement among members and helping parents in the process of acceptance. Some veiled prejudice movements could be understood, making the claim that acceptance is a process built over time and family experiences licit. Despite the specificities of each nucleus, in general, in both studies, it was noticed that most of the families, after some time after the revelation, were able to accept the sexual orientation or at least to develop a harmonious coexistence with the children.
Palavras-chave: Comportamento sexual
Família.
Homossexuais.
Coming out.
Sexual behaviour.
Family.
Homossexuals.
Área do CNPQ: Psicologia
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citação: NASCIMENTO, Geysa Cristina Marcelino. A perspectiva familiar diante da revelação da orientação homossexual de jovens e adultos. 2018. 121f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 19-Feb-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Geysa C M Nascimento.pdfDissert Geysa C M Nascimento1,1 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons