Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/595
Tipo: Dissertação
Título: Análise científica e tecnológica de patentes sobre dengue e H1N1: comparativo entre doença tropical negligenciada e não negligenciada
Autor: SILVA, Ana Cintia Ribeiro da 
Primeiro orientador: MALPASS, Ana Claudia Granato
Primeiro co-orientador: MALPASS, Geoffroy Roger Pointer
Resumo: O avanço tecnológico é uma importante estratégia para o desenvolvimento econômico e social mundial. Desta forma, foi realizada uma análise comparativa entre documentos de patentes sobre dengue e H1N1, no período de 2001 a 2016, utilizando como fonte de informação o banco de dados Derwent Innovations Index. Para tanto, foram analisados os seguintes fatores: distribuição geográfica dos depósitos; a tipologia; a classificação das patentes; o foco tecnológico e a evolução temporal dos pedidos de patentes no período da pesquisa. Ao utilizar a expressão “dengue”, foram encontradas 2660 famílias de patentes, enquanto que, para “H1N1”, foram encontradas 1103 famílias. Ao verificar a distribuição geográfica, verificou-se domínio dos Estados Unidos em ambas as patologias. Na categoria dos depositantes das patentes apresentou destaque para “pessoa física”. Já para a tendência temática das inovações, a partir da CIP, verificou-se a predominância para a seção “Necessidades Humanas”, com “Ciência Médica ou Veterinária e Higiene” no nível de classe e para subclasse, as mais predominantes foram “Atividade terapêutica específica de compostos químicos ou preparações medicinais” e “Preparações para finalidades médicas, odontológicas ou higiênicas”. Analisando-se a evolução temporal anual, observa-se que a média para dengue foi de 177 patentes ao ano, com incremento de 22,43 e aceleração negativa, após 2007, de 1,40 anualmente. E para H1N1, a média anual foi de 88,57 patentes, incremento de 21,19 e aceleração negativa de 1,02 ao ano. O monitoramento por meio da análise do registro de patentes é de fundamental importância para tomada de decisões que geram impacto na situação da saúde pública mundial, tais como, o direito a saúde e acesso aos serviços, em especial nos países em desenvolvimento.
Resumo: Technological advancement is an important strategy for world economic and social development. In this context, innovation is highlighted and directly linked to the number of patent deposits for the pathologies dengue and influenza A (H1N1). A comparison between the two diseases, one considered a neglected tropical disease and the other not, in the period from 2001 to 2016, was performed using the Derwent Innovations Index database as source of information. The factors analyzed were geographic distribution of the registrations; the typology (depositor); the description of the applications according to the International Patent Classification; the technological focus and the temporal evolution of patent applications in the period of the research. When using the term "dengue", 2660 patent families were found, while "H1N1" found 1103 families. When verifying the geographical distribution, it was verified domination of the United States in both pathologies. For the thematic trend of innovations, from the CIP, the predominance was found for the section "Human Needs", with "Medical or Veterinary Science and Hygiene" at the class level and for the subclass, the most predominant were "Therapeutic activity specific for chemical compounds or medical preparations "and" Preparations for medical, dental or hygienic purposes ". Analyzing the annual time evolution, it is observed that the average for dengue was 177 patents per year, with an increase of 22.43 and a negative acceleration, after 2007, of 1.40 annually. And for H1N1, the annual average was 88.57 patents, an increase of 21.19 and a negative acceleration of 1.02 a year. Monitoring by means of the analysis of the patent registry is a fundamental contribution to making decisions that have an impact on the world public health situation, such as the right to health and access to services, especially in developing countries.
Palavras-chave: Patente.
Doença tropical negligenciada.
Dengue.
H1N1.
Derwent innovations index.
Patent.
Tropical neglected diseases.
Dengue.
Área do CNPQ: Doenças Infecciosas e Parasitárias
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências Tecnológicas e Exatas - ICTE::Programa de Mestrado Profissional em Inovação Tecnológica
Programa: Programa de Mestrado Profissional em Inovação Tecnológica
Citação: SILVA, Ana Cintia Ribeiro da. Análise científica e tecnológica de patentes sobre dengue e H1N1: comparativo entre doença tropical negligenciada e não negligenciada. 2017. 118f. Dissertação (Mestrado em Inovação Tecnológica) - Programa de Mestrado Profissional em Inovação Tecnológica, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2017.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 22-Nov-2017
Appears in Collections:Programa de Mestrado Profissional em Inovação Tecnológica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Ana C R Silva.pdfDissert Ana C R Silva1,86 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons