Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/605
Tipo: Dissertação
Título: Funcionalização do pericárdio bovino por plasma frio e análise de seu potencial como um biomaterial
Autor: BALTAZAR, Daniela Rubio 
Primeiro orientador: ROCHA, Lenaldo Branco
Resumo: O colágeno é a proteína mais abundante em mamíferos, sendo o tipo I a forma prevalente. Essa proteína possui propriedades interessantes, como baixa imunogenicidade e toxicidade, biocompatibilidade, além de promover o reconhecimento, adesão e diferenciação celular através de sequências RGD (arginina-glicina-aspartato). Por isso, o colágeno é utilizado na composição de diversos biomateriais. Contudo, após a implantação in vivo, a degradação do material por colagenases endógenas pode ocorrer rapidamente, limitando sua utilização. A funcionalização com plasma frio pode superar essa limitação, sendo capaz de adicionar uniformemente grupos funcionais na superfície de materiais e ser modulada para preservar ou alterar de maneira seletiva as propriedades do material. Este estudo buscou funcionalizar o pericárdio bovino (PB) – composto principalmente por colágeno tipo I – utilizando plasma frio a fim de obter um novo biomaterial. Para isso, amostras de PB foram tratadas com plasma de argônio e CO2 a 2,45GHz e 500 W em um intervalo tempo dede 0s (PBCT) a 240s (PB240) com incrementos de 30s. As amostras foram analisadas por espectroscopia de infravermelho e a validação da análise foi realizada através de modelagem molecular computacional. O material foi caracterizado por microscopia óptica e eletrônica de varredura, ângulo de contato e capacidade higroscópica. A biocompatibilidade do PB tratado foi verificada pela implantação do material na camada subcutânea de camundongos Balb/c durante 3, 7 15 e 30 dias. Os resultados mostraram que as modificações causadas pelo tratamento com plasma foram tempo dependente. Após 120s de tratamento (PB120) houve a adição de grupos éster na forma de ligações crosslink sem alterações à estrutura proteica. Entretanto, após 150s foi observado o início de um processo de etching e degradação do colágeno, acentuado aos 240s. Além disso, o tratamento provocou um aumento na hidrofobicidade da superfície do material. A implantação subcutânea mostrou que não houve perda na biocompatibilidade do nos grupos tratados quando comparado ao controle. Dessa forma, verificou-se que o tratamento com plasma pode ser modulado para modificar o colágeno sem que haja perdas em suas propriedades de interesse. Novos estudos são necessários para a adequação da funcionalização com plasma, direcionando-a para modificações desejadas e aplicações específicas do biomaterial.
Resumo: Collagen is the most commonly found protein in mammals and Type I is its most prevalent type. This protein shows interesting properties as low immunogenicity and toxicity, biocompatibility, besides the ability to promote cell recognition, differentiation and induce cell attachment through RGD (arginine-glycine-aspartate) sequences. Due to these characteristics, collagen is used in many biomaterials. However, after in vivo implantation, the degradation of the material by endogenous collagenases can occur too soon, impairing its application. Cold plasma functionalization can overcome this limitation; it is able to add evenly new functional groups on materials’ surfaces and can be tailored to preserve or alter selectively the bulk properties of the material. Therefore, this study aimed the functionalization of bovine pericardium (PB) – material composed of collagen type I – using cold plasma in order to obtain a new biomaterial. PB was treated with argon (Ar) and carbon dioxide (CO2), microwave power source 2.45Hz, 500 W. The treatment was carried out from 0 (PBCT) up to 240s (PB240), with a 30s increment. The samples were analysed by FTIR-ATR and the analysis validation was done through computing molecular modelling. The material was characterized by optical microscopy, SEM, contact angle and swelling. PB biocompatibility was assessed through subcutaneous implantation of the material in mice Balb/c for 3, 7, 15 and 30 days. The results indicated the changes caused by plasma treatment were time-dependent. By 120s of treatment (PB120) ester groups were added in the material, forming crosslink bonds without modification within the protein structure while 150s of treatment caused the beginning of an etching process and collagen degradation, which was more distinct at 240s; there was also an increase in the hydrophobicity on the surface of the treated material. The subcutaneous implantation test showed there wasn’t biocompatibility loss of treated PB when compared to control. Therefore, it was verified that plasma treatment can be tailored to modify collagen without impairing its properties of interest. New studies are necessary to suit plasma functionalization according the desired modifications and specific applications of the biomaterial.
Palavras-chave: Biocompatibilidade.
Biomaterial.
Colágeno.
Plasma frio.
Biomaterial, biocompatibility.
Collagen.
Cold plasma.
Área do CNPQ: Ciências
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências Biológicas e Naturais - ICBN
Programa: Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Biociências Aplicadas
Citação: BALTAZAR, Daniela Rubio. Funcionalização do pericárdio bovino por plasma frio e análise de seu potencial como um biomaterial. 2018. 54f. Dissertação (Mestrado em Biociências Aplicadas) - Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Biociências Aplicadas, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2018] .
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 22-Nov-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Biociências Aplicadas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Daniela R Baltazar.pdfDissert Daniela R Baltazar1,83 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons