Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/637
Tipo: Dissertação
Título: Utilização de liquens no monitoramento ativo e passivo da poluição atmosférica
Autor: COSTA, William Raimundo
Primeiro orientador: SENHUK, Ana Paula Milla dos Santos
Resumo: A poluição atmosférica tem sido amplamente estudada em função do alto potencial que apresenta de causar danos à saúde humana, bem como ao meio ambiente. Os liquens têm sido utilizados no monitoramento desse tipo de poluição devido à sua alta sensibilidade a poluentes atmosféricos e ampla distribuição em todos os ambientes. O presente estudo objetivou realizar o biomonitoramento ativo e passivo com liquens em diferentes pontos de Uberaba-MG. Para tanto foram levantadas as espécies de liquens presentes em quatro pontos (urbanos e industrial) como forma de biomonitoramento passivo. Talos de liquens da espécie Parmotrema tinctorum foram transplantados de uma área preservada para os pontos de estudo como forma de biomonitoramento ativo, permanecendo expostos por 30 dias consecutivos no período chuvoso e 30 dias no período seco. Em seguida foram analisadas as concentrações dos elementos N, Fe, S, Cu e Zn nos talos dos liquens e aferida a área de clorose. A diversidade de liquens sofreu influência da poluição atmosférica em Uberaba, permitindo identificar áreas com maior perturbação ambiental, como o Distrito Industrial III, e menos impactadas como no ponto A, bairro residencial. Com relação ao estudo dos elementos absorvidos pelos talos do líquen P. tinctorum conclui-se que o mesmo se mostrou efetivo como bioacumulador de S, Fe e Cu, uma vez que foi verificada diferença significativa entre os períodos (seca e chuva), e entre os pontos de estudo, para S. No entanto, para os demais elementos (N e Zn) essa espécie de líquen não mostrou diferença significativa após o período de exposição adotado. O estudo das áreas de clorose nos talos de P. tinctorum permitiu concluir que a utilização dessa espécie se mostrou eficiente para monitoramento ativo da poluição do ar, apresentando correlação positiva com a concentração de N, S, Fe e Zn, e negativa com a diversidade liquênica.
Resumo: Air pollution has been widely studied because of its high potential to cause harm to human health as well as to the environment. Lichens have been used to monitor this type of pollution due to their high sensitivity to atmospheric pollutants and also due to their wide distribution in all environments. The present study aimed to perform active and passive biomonitoring with lichens in different points of Uberaba-MG. For this purpose the lichen species were surveyed in four points (urban and industrial regions) as passive biomonitoring. Lichen tides of the species Parmotrema tinctorum were transplanted from a preserved area for the study points as active biomonitoring, remaining exposed for 30 consecutive days in the rainy season and 30 days in the dry period. Afterwards the concentrations of the elements N, Fe, S, Cu and Zn in the llichen tides were measured and in the chlorosis area were analyzed. The diversity of lichens was influenced by air pollution in Uberaba, allowing the identification of areas with greater environmental disturbance, such as the Industrial District III, and less impacted as in point A, a residential neighborhood. In relation to the study of the elements absorbed by thallus of the P. tinctorum lichen was found to be effective as a bioaccumulator of S, Fe and Cu, because a significant difference was observed between the periods (dry and rainy) and between the study points, for S. However, for the other elements (N and Zn), this species of lichen showed no significant difference after the exposure period adopted. The study of the chlorosis areas in the thalus of P. tinctorum allowed us to conclude that this species was efficient for the active monitoring of air pollution, presenting a positive correlation with the concentration of N, S, Fe and Zn, and negative correlation with diversity lichen.
Palavras-chave: Poluição do ar.
Bioindicadores.
Diversidade liquênica.
Clorose.
Air pollution.
Bioindicators.
Lichen diversity.
Chlorosis.
Área do CNPQ: Ciências Ambientais
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental
Citação: COSTA, William Raimundo. Utilização de liquens no monitoramento ativo e passivo da poluição atmosférica. 2018. 61f. Dissertação(Mestrado em Ciências Ambientais) - Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 24-Aug-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Biociências Aplicadas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert William R Costa.pdfDissert William R Costa1,38 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons