Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/660
Tipo: Dissertação
Título: Estudo morfométrico da aorta de pacientes autopsiados com hipertensão arterial sistêmica
Autor: JULIANO, Gabriela Ribeiro 
Primeiro orientador: FERRAZ, Mara Lúcia da Fonseca
Primeiro co-orientador: TEIXEIRA, Vicente de Paula Antunes
Resumo: Introdução: A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é caracterizada como uma doença multifatorial e se destaca pela presença de níveis pressóricos elevados. Também se relaciona às alterações funcionais e/ou estruturais de órgãos-alvo, assim como no endotélio, na elasticidade e no espessamento arterial. Objetivos: foi avaliar intensidade da aterosclerose macroscopicamente e microscopicamente, a porcentagem das fibras elásticas, fibras colágenas e do depósito lipídico nas camadas íntima e média das artérias aortas de pacientes autopsiados com e sem HAS de acordo com a idade, o sexo, etnia e o índice de massa corporal (IMC). Métodos: Coletamos 52 fragmentos da aorta de pacientes autopsiados e divididos em dois grupos, 26 com HAS e 26 sem HAS. A intensidade da aterosclerose foi avaliada na macroscopia de forma quantitativa e na microscopia de forma semiquantitativa. Foi realizado o processo histopatológico das lâminas e a quantificação da porcentagem das fibras elásticas, colágenas e depósito lipídico, sendo correlacionadas com a idade e IMC e comparadas com o sexo e a etnia, utilizou-se o sistema analisador de imagens Leica Qwin Plus®. Resultados: O grupo com HAS apresentou maior intensidade macroscópica da aterosclerose, menor porcentagem das fibras elásticas, maior porcentagem das fibras colágenas e depósito lipídico. Na intensidade macroscópica da aterosclerose houve um aumento com a idade nos pacientes autopsiados com HAS e sem HAS. Em relação ao sexo, nas mulheres houve uma maior porcentagem de depósito lipídico com HAS e sem HAS. Conclusão: A HAS esteve relacionada ao acúmulo de depósito lipídico na artéria aorta e se destacou por ser um fator de risco preponderante para o avanço da aterosclerose. O avançar da idade e o sexo feminino apontou ser uma condição para o desenvolvimento acentuado do depósito lipídico.
Resumo: Introduction: Systemic arterial hypertension (SAH) is characterized as a multifactorial disease and is characterized by the presence of elevated blood pressure levels. It is also related to functional and/or structural alterations of target organs, as well as in endothelium, elasticity and arterial thickening. The objective of this study was to evaluate the intensity of macroscopically and microscopically atherosclerosis, the percentage of elastic fibers, collagen fibers and lipid deposits in the intima and middle layers of the aortas of autopsied patients with and without SAH according to age, sex, ethnicity and body mass index (BMI). Methods: We collected 52 fragments of the aorta from autopsied patients and divided into two groups, 26 with SAH and 26 without SAH. The intensity of atherosclerosis was quantitatively assessed in macroscopy and microscopy in semiquantitative form. The histopathological process of the slides and the quantification of elastic, collagen and lipid deposit percentage, being correlated with age and BMI and compared with sex and ethnicity, the Leica Qwin Plus® image analyzer system was used. Results: The group with hypertension had a higher macroscopic intensity of atherosclerosis, a lower percentage of elastic fibers, a higher percentage of collagen fibers and a lipid deposit. In the macroscopic intensity of atherosclerosis there was an increase with age in patients autopsied with SAH and without SAH. Regarding sex, in women there was a higher percentage of lipid deposition with SAH and without SAH. Conclusion: The SAH was related to the accumulation of lipid deposits in the aorta artery and was noted as a preponderant risk factor for the advancement of atherosclerosis. The advancement of age and the female sex has been shown to be a condition for the marked development of the lipid deposit.
Palavras-chave: Hipertensão.
Aterosclerose.
Autópsia.
Aorta.
Hypertension.
Atherosclerosis.
Autopsy.
Aorta.
Área do CNPQ: Ciências da Saúde
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: JULIANO, Gabriela Ribeiro. Estudo morfométrico da aorta de pacientes autopsiados com hipertensão arterial sistêmica. 2018. 65f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 29-Jan-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Gabriela R Juliano.pdfDissert Gabriela R Juliano1,32 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons