Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/673
Tipo: Dissertação
Título: GDF-15 tecidual e sérico em neoplasias de ovário
Autor: LIMA, Cid Almeida de 
Primeiro orientador: NOMELINI, Rosekeila Simões
Primeiro co-orientador: MURTA, Eddie Fernando Cândido
Resumo: INTRODUÇÃO: O câncer de ovário é de difícil diagnóstico, sendo a principal causa de morte entre os tumores ginecológicos. O marcador tumoral GDF-15, membro da família TGF- β, é encontrado elevado no câncer de ovário, estando associado com invasão tumoral, metástases em linfonodos e pior prognóstico. Sua dosagem possui maior sensibilidade que demais marcadores em estádios iniciais do câncer, refletindo a extensão e o estádio da doença. OBJETIVO: Avaliar os níveis séricos do marcador tumoral GDF-15 e coloração imunohistoquímica de GDF-15 em pacientes com neoplasias benignas e malignas epiteliais primárias de ovário. MÉTODOS: Sessenta e cinco pacientes foram avaliadas no Ambulatório de Massa Pélvica da Disciplina de Ginecologia e Obstetrícia/Instituto de Pesquisa em Oncologia (IPON) da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, submetidas à cirurgia de acordo com critérios pré-determinados. As pacientes foram divididas em dois grupos: neoplasias benignas de ovário (n = 31), e neoplasias malignas primárias de ovário (n = 34). A imuno-histoquímica e estudo de ELISA foram realizados para avaliar o GDF-15 no tecido e no soro, respectivamente. Foi utilizado o teste exato de Fisher para comparar os resultados obtidos por imuno-histoquímica. Os níveis séricos de GDF-15 foram expressos como média e desvio padrão, e os valores foram comparados pelo teste t de “student” não pareado. Valores menores que 0,05 foram considerados significativos. RESULTADOS: Os níveis séricos de GDF-15 foram mais elevados em doenças malignas do que em lesões benignas, mas não houve significância estatística. GDF-15 foi significativamente mais frequente no estroma de tumores malignos em comparação com tumores benignos (p = 0,0034). Não houve significância estatística na avaliação do epitélio. CONCLUSÃO: Coloração imuno-histoquímica de GDF-15 é maior no estroma do câncer epitelial maligno de ovário em comparação com tumores benignos, indicando a importância do compartimento estromal em neoplasias de ovário.
Resumo: INTRODUCTION: Ovarian cancer is difficult to diagnose the main cause of death among gynecological tumors. The tumor marker GDF-15, a member of the TGF-β family, is found elevated in ovarian cancer is associated with tumor invasion, lymph node metastasis and worse prognosis. Your dosage has greater sensitivity than other markers in early stages of cancer, reflecting the extent and stage of the disease. OBJECTIVE: The aims were to evaluate serum levels of GDF-15 and immunohistochemical staining of GDF-15 in patients with primary ovarian epithelial benign and malignant neoplasms. METHODS: Sixty-five patients were evaluated in the Clinic of Pelvic Mass in the Discipline of Obstetrics and Gynecology/Oncology Research Institute (IPON) of the Federal University of Triangulo Mineiro, undergoing surgery according to predetermined criteria. The patients were divided into two groups: benign ovarian neoplasms (n = 31), and primary epithelial ovarian malignancies (n = 34). Immunohistochemistry study and ELISA were performed to evaluate GDF-15 serum and tissue, respectively. Fisher exact test was used to compare the results obtained by immunohistochemistry. Serum levels of GDF-15 were expressed as mean and standard deviation, and values were compared by Student’s t-test. Values less than 0.05 were considered significant. RESULTS: Serum levels of GDF-15 were higher in malignancies than in benign neoplasms, but there was no statistical significance. GDF-15 was significantly more frequent in the stroma of malignant tumors compared with benign tumors (p = 0.0034). There is no statistical significance in epithelium evaluation. CONCLUSION: GDF-15 immunohistochemical staining is higher in the stroma of malignant epithelial ovarian cancer compared to benign tumors, indicating the importance of stromal compartment in ovarian neoplasms.
Palavras-chave: GDF-15.
Tumores de ovário.
Fatores prognósticos.
Estroma peritumoral.
GDF-15.
Ovarian tumors.
Prognostic factors.
Peritumoral stroma.
Área do CNPQ: Ciências da Saúde
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: LIMA, Cid Almeida de. GDF-15 tecidual e sérico em neoplasias de ovário. 2015. 105f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2019.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 14-May-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Cid A Lima.pdfDissert Cid A Lima1,27 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons