Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/727
Tipo: Dissertação
Título: Assistência à pessoa com estomia intestinal no discurso do enfermeiro da atenção primária à saúde
Título(s) alternativo(s): Assistance to people with intestinal ostomies in the discourse of primary care nurses
Asistencia a la persona com ostomía intestinal en el discurso de los enfermeros de la atención primaria a la salud
Autor: GOULART, Mayla Borges 
Primeiro orientador: RODRIGUES, Leiner Resende
Resumo: A assistência à pessoa com estomia intestinal é frequentemente iniciada em ambiente hospitalar e tem continuidade na Atenção Primária à Saúde. A participação da família no cuidado é um aspecto facilitador para a superação das dificuldades vivenciadas pela pessoa com estomia. Outro fator condicionante, porém, esse relacionado à comunidade, envolve a assistência integral e humanizada à saúde, em especial do enfermeiro, da Estratégia Saúde da Família, profissional que encoraja o desenvolvimento de habilidades adaptativas para o autocuidado. O estudo buscou, por meio do delineamento qualitativo, desvelar a percepção dos enfermeiros da Estratégia Saúde da Família sobre a assistência de enfermagem à pessoa com estomia intestinal e sua família. Escolheu-se utilizar como base referencial o Modelo Conceitual de Sister Callista Roy, em que o propósito da enfermagem é proporcionar condições para a estabilidade com o ambiente prevenindo a perda energética em busca de equilíbrio. O projeto de pesquisa adotou os princípios éticos da resolução CNS nº 466/2012 e foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa envolvendo seres humanos da Universidade Federal do Triângulo Mineiro sob CAAE nº 79261717.0.0000.5154. Foram entrevistados 34 enfermeiros da Estratégia Saúde da Família do município de Uberaba/MG, durante os meses de maio e junho de 2018. A análise dos depoimentos coletados se fez por meio da técnica do Discurso do Sujeito Coletivo utilizando o software DSCsoft. Observa-se que os enfermeiros percebem as repercussões da estomia intestinal, valorizam a adoção de práticas educativas para a autonomia dos sujeitos e buscam uma assistência integral à saúde em visitas domiciliares e consulta de enfermagem. Entretanto, revelam-se condições de trabalho desafiadoras, carência de conhecimento sobre a temática e insegurança para prestar o cuidado às pessoas com estomia intestinal. Sugere-se uma constante necessidade de capacitação em virtude do surgimento de novas tecnologias e rotatividade dos profissionais. Salienta-se, portanto, que a dimensão do cuidar é vista muito além do fazer técnico-científico, em que a pessoa e sua família estão envolvidas na continuidade do cuidado para o pleno alcance da reabilitação.
Resumo: Assistance to ostomized patients frequently starts the hospital environment and continues in primary health care. Family participation in care makes it easier for ostomized people to overcome the challenges they need to face. Another conditioning factor, related to the community, is the access to an integral and humanized health care, especially from the family health strategy nurse, a professional who encourages the development of adaptive abilities and the practice of self-care. The study sought, using a qualitative design, to unveil the perception of nurses from the Family Health Strategy about the nursing assistance to the person with intestinal ostomy and their family. The Conceptual Model by Sister Callista Roy was chosen as a referencial base. According to it, the purpose of nursing is to offer conditions for stability with the environment, eschewing an energetic losses in the search for balance. The research project adopted the ethical principles of resolution CNS n. 466/2012, and was approved by the Committee of Human Research Ethics of the Federal University of Triângulo Mineiro, under CAAE n. 79261717.0.0000.5154. 34 nurses from the family health strategy in the city of Uberaba/MG were interviewed from May to June 2018. The analysis of the statements collected was conducted through the Collective Subject Discourse using the software DSCsoft. Nurses were found to notice the repercussions of intestinal ostomy, value the adoption of educational practices for the autonomy of the subjects, and seek integral health care through domiciliary visits and nursing consultations. However, they face challenging work conditions, lack of knowledge about the theme, and insecurity in the offering of care to people with intestinal ostomies. This study suggests that constant training is necessary, due to the new technologies on the field and to professional turnover. Therefore, it stands out that the dimension of care is seen as much more than a technical-scientific action, the patients and their families being involved in the continuity of care so that rehabilitation reaches an optimal conclusion.
La asistencia al paciente con ostomía intestinal con frecuencia empieza en el hospital y continúa en la atención primária a la salud. La participación de la familia en el cuidado hace más fácil la superación de las dificultades a que la persona con ostomía necesita hacer frente. Otro factor condicionante, pero relacionado a la comunidad, es la asistencia integral y humanizada a la salud, especialmente la del enfermero de la estrategia salud familiar, profesional que estimula el desarrollo de las habilidades de adaptación y la práctica del autocuidado. Este estudio cualitativo buscó investigar la percepción y los enfermeros de la Estrategia Salud Familiar con respecto a la asistencia de enfermería al ostomizado y su família. Su base referencial es el Modelo Conceptual de Sister Callista Roy, según el cual el propósito de la enfermería es proporcionar condiciones para estabilidad en el ambiente, evitando la pérdida de energía para alcanzar el equilibrio. El proyecto de investigación adoptó los principios éticos de la resolución CNS nº 466/2012 y fue aprobado por el Comité de Ética en Investigaciones con Seres Humanos de la Universidade Federal en Triângulo Mineiro bajo el CAAE nº 79261717.0.0000.5154. Se entrevistó a 34 enfermeros de la estrategia de salud familiar en la ciudad de Uberaba/MG a lo largo de mayo y junio de 2018. Se analizó los depoimentos colectados con la técnica Discurso del Sujeto Colectivo y el software DSCsoft. Se observó que los enfermeros perciben las repercusiones de la ostomía intestinal, valoran las prácticas educativas para autonomía de los sujetos y buscan asistencia integral a la salud por medio de visitas domiciliares y consultas de enfermería. Sin embargo, hay condiciones de trabajo desafiadoras y inseguridad para ofrecer el cuidado a los ostomizados, y hace falta conocimiento sobre el tema. Esta investigación sugiere capacitaciones constantes, gracias a nuevas tecnologías y rotación de profesionales. Así, se destaca que la dimensión del cuidar es mucho más que el hacer técnico-científico, y que la persona y su familia están envolvidas en la continuidad del cuidado para el pleno alcance de la rehabilitación.
Palavras-chave: Estomia.
Cuidados de enfermagem.
Enfermagem domiciliar.
Estratégia Saúde da Família.
Ostomy.
Nursing care.
Home health nursing.
Family health strategy.
Ostomía.
Atención de enfermería.
Cuidados de enfermería en el hogar.
Estrategia de salud familiar.
Área do CNPQ: Enfermagem
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Enfermagem
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde
Citação: GOULART, Mayla Borges. Assistência à pessoa com estomia intestinal no discurso do enfermeiro da atenção primária à saúde. 2018. 85f. Dissertação (Mestrado em Atenção à Saúde) - Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 17-Dec-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Mayla B Goulart.pdfDissert Mayla B Goulart1,6 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons