Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/733
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação da qualidade da Atenção Primária à Saúde na perspectiva de médicos e enfermeiros
Autor: PERES, Larissa 
Primeiro orientador: SIMÕES, Ana Lúcia de Assis
Resumo: A Atenção Primária à Saúde constitui o primeiro nível de atenção à saúde, configurando o contato inicial da população com os serviços. Esse nível de atenção é considerado estratégia prioritária para a expansão e consolidação dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde e seu conceito foi sistematizado por Starfield, por meio da definição dos atributos essenciais e derivados. Avaliar os serviços ofertados por esse nível de atenção é importante para que sejam viabilizados investimentos na qualidade da saúde, reformulações no gerenciamento dos serviços e ações em saúde mais incisivas e humanizadas. Assim sendo, esse estudo objetivou avaliar a qualidade da atenção primária à saúde, a partir da presença e extensão dos atributos essenciais e derivados da atenção primária das unidades de saúde e teve como objetivos específicos: caracterizar os profissionais médicos e enfermeiros das unidades de saúde, segundo as variáveis sociodemográficas e profissionais; descrever as respostas obtidas em cada um dos itens que compõe cada atributo do instrumento; descrever os escores obtidos em cada atributo, o escore essencial e escore geral de cada unidade de saúde; analisar a influência de variáveis sociodemográficas e profissionais sobre os atributos essenciais e derivados da atenção primária, na perspectiva dos profissionais médicos e enfermeiros. Foi realizado um estudo quantitativo e transversal, no qual participaram 108 profissionais médicos e enfermeiros. A coleta de dados ocorreu entre março e junho de 2018 e os instrumentos utilizados foram o Primary Care Assessment Tool e um questionário sociodemográfico e profissional. Os dados foram submetidos à análise descritiva, além de teste T para preditores dicotômicos e correlações de Pearson para preditores quantitativos. Para a análise da influência simultânea e independente de preditores sociodemográficos e profissionais sobre cada um dos atributos foi incluída a análise de regressão linear múltipla, por meio do Statistical Package for Social Sciences versão 13. Esta pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, por meio da Plataforma Brasil, sob o protocolo CAAE: 80264917.4.0000.5154. Na avaliação da qualidade da atenção primária à saúde na perspectiva dos médicos e enfermeiros foram evidenciadas avaliações baixas (<6,6) quanto à presença e extensão dos atributos, com exceção dos atributos Longitudinalidade e Orientação familiar. O Acesso de primeiro contato-acessibilidade foi o que apresentou a menor média. Nomodelo multivariável, as variáveis que apresentaram significância estatística e que estiveram associadas ao baixo escore geral foram: lotação profissional e profissão. Foi possível concluir que há fraca orientação das unidades de saúde para a atenção primária à saúde e baixa qualidade desse nível de atenção. Os resultados desse estudo podem auxiliar as unidades de saúde e os órgãos de administração a criar alternativas para aperfeiçoar a qualidade da atenção primária, bem como, na reflexão sobre a importância da expansão da estratégia saúde da família como modelo hegemônico para o atendimento integral e de qualidade da saúde.
Resumo: Primary Health Care is the first level of health care, forming the initial contact of the population with health services. This level of care is considered a priority strategy for the expansion and consolidation of the principles and guidelines of the Brazil's Unified Public Health System (SUS) and its concept was systematized by Starfield, through the definition of essential and derivatives attributes. Evaluating the offered services by this Care level is important so that investments in health quality, reformulations in services management and health actions can be made more incisive and humanized. This study aimed to evaluate the quality of primary care, based on the presence and extension of the essential and derived attributes from the primary care units, and had the following specific objectives: to characterize the health professionals, physicians and nurses of the health units, according to sociodemographic and professional variables; to describe the answers obtained in each of the items that make up each attribute of the instrument; to describe the scores obtained in each attribute, the essential score and general score of each health unit; to analyze the sociodemographic and professional variables influence on the essential and derived attributes from primary care from the perspective of physicians and nurses from the health units. A quantitative and cross-sectional study was carried out in which 108 physicians and nurses. Data collection took place between March and June 2018 and the instruments used were the Primary Care Assessment Tool and a sociodemographic and professional questionnaire. Data were submitted to descriptive analysis, as well as a T test for dichotomous predictors and Pearson correlations for quantitative predictors. For the analysis of the simultaneous and independent influence of sociodemographic and professional predictors on each of the attributes, the multiple linear regression analysis was included through the Statistical Package for Social Sciences version 13. This research was approved by the Research Ethics Committee of the Universidade Federal do Triângulo Mineiro, through the Brazil Platform, under the protocol CAAE: 80264917.4.0000.5154. In evaluating the quality of primary care from the perspective of physicians and nurses, low evaluations (<6,6) were evidenced regarding the presence and extent of attributes, with the exception of Longitudinality and Family Orientation attributes. Access to first contact-accessibility was the one that presented the lowest average. In the multivariable model, the variables that presented statisticalsignificance and that were associated with the low general score were: professional stocking and profession. It was possible to conclude that there is a poor orientation of the health units for the primary health care and, consequently, the low quality of this level of Care. The results of this study may help health units and management bodies to create alternatives to improve the primary care quality, as well as reflecting on the importance of expanding the family health strategy as a hegemonic model for integral care and health quality.
Palavras-chave: Atenção Primária à Saúde.
Qualidade da Assistência à Saúde.
Avaliação da Pesquisa em Saúde.
Estratégia Saúde da Família.
Enfermagem de Atenção Primária.
Médicos de Atenção Primária.
Primary Health Care.
Quality of Health Care.
Health Research Evaluation.
Family Health Strategy.
Primary Care Nursing.
Physicians, Primary Care.
Área do CNPQ: Enfermagem
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Enfermagem
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde
Citação: PERES, Larissa. Avaliação da qualidade da Atenção Primária à Saúde na perspectiva de médicos e enfermeiros. 2018. 127f. Dissertação (Mestrado em Atenção à Saúde) - Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 17-Dec-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Larissa Peres.pdfDissert Larissa Peres2,69 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons