Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/745
Tipo: Dissertação
Título: Qualidade de vida e transtorno mental comum em graduandos de ciências da saúde
Título(s) alternativo(s): Quality of life and common mental disorders in health sciences undergraduates
Autor: ARANTES, Ana Paula 
Primeiro orientador: PEDROSA, Leila Aparecida Kauchakje
Resumo: Os graduandos de ciências da saúde apesar da aquisição de conhecimentos relacionados com a promoção e prevenção da saúde, encontram-se sujeitos à ocorrência de transtorno mental comum impactando sua qualidade de vida. O presente estudo apresentou como objetivo analisar a influência do Transtorno Mental Comum e demais variáveis demográficas e acadêmicas sobre a Qualidade de Vida de graduandos de ciências da saúde de uma instituição pública de ensino através da aplicação dos questionários SRQ-20 e WHOQOL - bref. Os resultados identificaram predominância de graduandos do sexo feminino, solteiros com média de idade de 22 anos. O curso com maior prevalência de TMC foi o de Terapia Ocupacional, com 31 (56%) indivíduos apresentando os sintomas; e o curso de Educação Física apresentou a menor proporção, foram 11 (26%) sujeitos. O curso de Educação Física apresentou o maior índice de qualidade de vida, com média de 71,17 e o menor escore foi identificado pelos graduandos do curso de medicina com média de 62,08. O maior número de variáveis influenciando simultaneamente os índices de qualidade de vida ocorreu para o domínio meio ambiente. A influência é positiva sobre a QV no domínio meio ambiente para os graduandos que não apresentaram sintomas de TMC (β= -0,386 e p<0,001), são do sexo masculino (β= -0,144 e p=0,001), moram na cidade de Uberaba (β= 0,135 e p=0,001), cursam os cursos de Biomedicina, Educação Física, Fisioterapia, Nutrição e Terapia Ocupacional (β= -0,121 e p=0,005), se auto declararam brancos (β= 0,103 e p=0,015) e possuem renda familiar maior ou igual a dois salários mínimos (β= 0,083 e p=0,048).
Resumo: Graduates of health sciences despite the acquisition of knowledge related to health promotion and prevention are subject to the occurrence of common mental disorder impacting their quality of life. The present study aimed to analyze the influence of Common Mental Disorder and other demographic and academic variables on the Quality of Life of health science undergraduates of a public educational institution through the application of SRQ-20 and WHOQOL-bref questionnaires. The results identified a predominance of females graduating singles with a mean age of 22 years. The course with the highest prevalence of CMD was Occupational Therapy, with 31 (56%) individuals presenting the symptoms; and the Physical Education course presented the lowest proportion, 11 (26%) subjects. The Physical Education course had the highest quality of life index, with a mean of 71.17 and the lowest score was identified by the undergraduate students of the medical course with a mean of 62.08. The highest number of variables influencing the quality of life indexes occurred simultaneously for the environmental domain. The influence is positive on the QoL in the environmental domain for undergraduates who did not present symptoms of CMD (β = -0,386 and p <0,001), are male (β = -0,144 and p = 0,001), live in the city of Uberaba (β = -0,121 and p = 0,005), self-declared whites (β = 0,103 and p = 0,015) and had a higher or higher family income (p=0,135 and p = 0,001), equal to two minimum wages (β = 0,083 and p = 0,048).
Palavras-chave: Qualidade de vida.
Transtornos Mentais.
Estudantes de ciências da saúde.
Quality of life.
Mental disorders.
Students health occupations.
Área do CNPQ: Enfermagem Psiquiátrica
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Enfermagem
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde
Citação: ARANTES, Ana Paula. Qualidade de vida e transtorno mental comum em graduandos de ciências da saúde. 2018. 50f. Dissertação (Mestrado em Atenção à Saúde) - Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 3-May-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Ana P Arantes.pdfDissert Ana P Arantes413,24 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons