Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/756
Tipo: Tese
Título: Fáscia de Scarpa humana: caracterização biomecânica e histológica antes e após a descelularização
Autor: CINTRA, Mariana Molinar Mauad 
Primeiro orientador: ROCHA, Lenaldo Branco
Primeiro co-orientador: CUNHA, Marco Túlio Rodrigues da
Resumo: A Fáscia de Scarpa (FS) pode ser um recurso de enxertia adicional em procedimentos de cobertura e elevação. Nosso objetivo foi analisar os aspectos histológicos e biomecânicos da fáscia de Scarpa antes e depois do processo de descelularização. A resposta in vivo da fáscia de Scarpa foi avaliada em camundongos. As amostras da fáscia de Scarpa foram obtidas de pacientes que foram submetidos à abdominoplastia clássica. A fáscia de Scarpa celularizada passou pelo ensaio biomecânico dentro do bloco cirúrgico após sua retirada e as amostras descelularizadas passaram pelo mesmo ensaio biomecânico. As lâminas histológicas foram preparadas para avaliação de colágeno e elastina. Amostras celularizadas e descelularizadas foram implantadas no subcutâneo do camundongo, após sete, 14 e 28 dias de pós-operatório foram removido e levadas para confecção de lâminas para análise de colágeno e presença de cálcio. Houve diminuição das propriedades biomecânicas e aumento da densidade porém com frouxidão das fibras de colágeno no grupo descelularizado. Houve correlação das fibras de colágeno com a idade do paciente. A porcentagem de colágeno foi maior no sétimo e 14º dias de pós-operatório em comparação com 28 dias. Concluímos que há diferenças nas características biomecânicas e histológicas entre as fascias celularizadas e descelularizadas, não há diferença entre o lado direito e esquerdo e poucas características clínicas como parto normal e idade influenciaram nos resultados.
Resumo: The Scarpa’s Fascia (SF) can be an additional grafting asset in covering and lift procedures. Our aim was to analyze the histological and biomechanical aspects of the FS prior and after a decellularization process. The in vivo response to fascia the Scarpa was evaluated in mice. FS samples were obtained from patients that went thorough abdominoplasty. The cellularised Scarpa fascia underwent the biomechanical test within the surgical block and decellularized samples underwent the same biomechanical test. The histological slides were prepared for evaluation of collagen and elastin. Cellular and decellularized samples were implanted in the subcutaneous mouse, after 7, 14 and 28 postoperative days were removed and made into slides for analysis of collagen and presence of calcium. There was a decrease in biomechanical properties and an increase and looseness in collagen fibers in the decellularized group. Normal delivery in the cell group decreased the maximum strength of the material, but there was no correlation between the other clinical characteristics of the patients with biomechanical characteristics, but there was correlation of the collagen fibers with the age of the patient. The percentage of collagen was higher on the seventh and fourteen postoperative day compared to the other days. We conclude that there are differences in biomechanical and histological characteristics between cellularized and decellularized fascias, there is no difference between the right and left side and few clinical characteristics such as delivery varginal and age influenced the results.
Palavras-chave: Abdominoplastia.
Fáscia.
Biomateriais.
Histologia.
Abdominoplasty.
Fascia.
Biomaterials.
Histology.
Área do CNPQ: Odontologia
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: CINTRA, Mariana Molinar Mauad. Fáscia de Scarpa humana: caracterização biomecânica e histológica antes e após a descelularização. 2017. 72f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, 2017.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 16-Nov-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Mariana M M Cintra.pdfTese Mariana M M Cintra3,01 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons