Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/791
Tipo: Dissertação
Título: Distribuição, fatores de virulência e suscetibilidade a antifúngicos de isolados clínicos do complexo Candida parapsilosis em Uberaba – MG
Título(s) alternativo(s): Distribution, virulence factors and antifungal susceptibility of Candida parapsilosis complex clinical isolates from Uberaba, Minas Gerais, Brazil
Autor: SILVA, Beatriz Virgínia da 
Primeiro orientador: ANDRADE, Anderson Assunção
Resumo: Nos últimos anos tem havido um aumento na incidência de infecções humanas causadas por membros do complexo Candida parapsilosis. Este complexo é formado por três espécies distintas, mas intimamente relacionadas: C. parapsilosis sensu stricto, C. orthopsilosis e C. metapsilosis. Estas espécies são fisiologicamente e morfologicamente indistinguíveis e por isso são discriminadas apenas por meio de técnicas moleculares. Considerando o pouco conhecimento sobre a distribuição, propriedades de virulência e perfil de suscetibilidade a antifúngicos das espécies do complexo C. parapsilosis, nossos objetivos foram: 1) determinar pela técnica de PCR-RFLP a ocorrência de C. parapsilosis sensu stricto, C. orthopsilosis e C. metapsilosis entre 81 isolados clínicos primariamente identificados como C. parapsilosis por meio de métodos fenotípicos; 2) avaliar a capacidade dos isolados formarem biofilmes e produzirem proteases e fosfolipases; e 3) comparar o perfil de suscetibilidade entre estes isolados crescidos como culturas planctônicas ou como biofilmes formados in vitro, aos antifúngicos anfotericina B, fluconazol, voriconazol e caspofungina, seguindo as normas do CLSI (Clinical and Laboratory Standards Institute). Setenta e sete isolados (95%) foram identificados como C. parapsilosis sensu stricto, 2 (2,5%) como C. orthopsilosis e os outros 2 (2,5%) como C. metapsilosis. Atividade de proteases foi detectada em 37,7% das amostras de C. parapsilosis sensu stricto, enquanto somente 9,1% apresentaram atividade de fosfolipases. Nenhuma das amostras de C. orthopsilosis e C. metapsilosis foi capaz de produzir proteases ou fosfolipases. A capacidade de produzir biofilmes foi detectada em 43,2% das amostras, entre as quais 33 eram C. parapsilosis sensu stricto e 2 eram C. orthopsilosis. Isolados com perfil de resistência a antifúngicos foram incomuns: apenas um C. metapsilosis apresentou resistência ao fluconazol. Este mesmo isolado foi o único a apresentar suscetibilidade dose dependente ao voriconazol. Além disso, foi detectado um C. parapsilosis sensu stricto com suscetibilidade dose dependente ao fluconazol. Em suma, confirmamos que C. parapsilosis sensu stricto é a espécie do complexo C. parapsilosis mais comumente associada a infecções em humanos. Além disso, esta espécie foi a única que expressou todos os fatores de virulência analisados. Ao contrário, nenhum destes fatores foi detectado em C. metapsilosis. De modo geral, as espécies do complexo C. parapsilosis foram suscetíveis à anfotericina B, ao voriconazol e à caspofungina, e apresentaram baixo nível de resistência ao fluconazol. Contudo, os isolados produtores de biofilme mostraram acentuada resistência a estes antifúngicos, particularmente ao voriconazol.
Resumo: The purposes of this study were (i) to determine by RFLP-Ban I assay the occurrence of Candida parapsilosis sensu stricto, C. orthopsilosis and C. metapsilosis among 81 clinical isolates primarily identified as C. parapsilosis; (ii) to evaluate their in vitro production of virulence factors; and (iii) to compare their susceptibility profiles, grown as planktonic cells and biofilms, against amphotericin B, fluconazole, voriconazole, and caspofungin by following the Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) guidelines. Seventy seven isolates (95%) were identified as C. parapsilosis sensu stricto, 2 (2.5%) as C. orthopsilosis, and 2 (2.5%) as C. metapsilosis. Protease activity was detected in 37.7% of the isolates of C. parapsilosis sensu stricto, whereas only 9.1% exhibited phospholipase activity. None of the C. metapsilosis or C. orthopsilosis was able to produce protease or phospholipase. Biofilm production was detected in 43.2% of the isolates, among of which 33 were C. parapsilosis sensu stricto and 2 were C. orthopsilosis. Antifungal resistance was uncommon; only one C. metapsilosis was fluconazole resistant. In conclusion, we confirm that among the members of C. parapsilosis complex, C. parapsilosis sensu stricto is the most common species associated with human infections. Moreover, this species was the only one to express all the assayed virulence factors. On the contrary, none of these factors was detected in C. metapsilosis. Overall, C. parapsilosis complex was susceptible to amphotericin B, voriconazole and caspofungin, and had very low levels of fluconazole resistance. However, biofilm-producing isolates showed a marked resistance to these antifungal agents, particularly to voriconazole.
Palavras-chave: Complexo Candida parapsilosis.
Fatores de virulência.
Formação de biofilme.
Produção de proteinases e fosfolipases.
Perfil de suscetibilidade a antifúngicos.
Candida parapsilosis complex.
Virulence factors.
Proteases.
Phospholipases.
Biofim production.
Antifungal susceptibility.
Área do CNPQ: Ciências Biológicas
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências Biológicas e Naturais - ICBN
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas
Citação: SILVA, Beatriz Virgínia da. Distribuição, fatores de virulência e suscetibilidade a antifúngicos de isolados clínicos do complexo Candida parapsilosis em Uberaba – MG. 2014. 46f. Dissertação (Mestrado em Ciências Fisiológicas) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 25-Jul-2014
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Beatriz V Silva.pdfDissert Beatriz V Silva623,42 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons