Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/851
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação dos índices pré e pós-operatórios de cálcio, vitamina D e densitometria óssea em obesos submetidos ou não à cirurgia bariátrica no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Autor: BARINI, Bruno Finoti 
Primeiro orientador: CREMA, Eduardo
Resumo: Introdução: A cada dia cresce o número de obesos no mundo, e a demanda pela cirurgia bariátrica acompanha esse crescimento. Distúrbios nutricionais são identificados com frequência, assim como suplementação vitamínica e prática de atividades físicas insuficientes. Este manejo pode desencadear complicações, tais como a perda da qualidade mineral óssea. Objetivo: Analisar o perfil do metabolismo ósseo nos pacientes antes ou depois da realização da cirurgia bariátrica pela técnica da derivação gástrica em Y de Roux realizadas no serviço de cirurgia bariátrica do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, comparando as prevalências da suplementação vitamínica, exercício físico e das eventuais anormalidades nas dosagens do cálcio, vitamina D e densidade mineral óssea. Método: Foram analisados 24 pacientes em um corte transversal, e divididos em dois grupos distintos, um que realizou a cirurgia bariátrica e outro que não foi submetido ao procedimento. Foram comparados os níveis séricos de cálcio, vitamina D e a densidade mineral óssea e analisadas a prevalências de variáveis como suplementação vitamínica e exercícios físicos. Resultados: Quando os grupos submetidos ou não à cirurgia foram testados e comparados, foi verificado diferença estatística em relação ao IMC (p< 0,001), à maior prevalência de suplementação vitamínica no grupo operado (p=0,008) e à maior prevalência de deficiências da vitamina D (p=0,011) no grupo não operado. Por outro lado, não houve diferença estatística em relação à prevalência da prática de exercício físico entre os grupos (p=0,973), às alterações da DMO (p=0,223) e da dosagem de cálcio (p=0,474). Conclusões: Comparando-se os grupos acerca do uso da suplementação vitamínica, o grupo operado mostrou-se mais prevalente quanto ao uso da medicação, o que sugere que o paciente do ambulatório de Obesidade da UFTM cumpre com as orientações propostas. Este fato se associa à condição de melhor controle dos índices da vitamina D, enquanto que no grupo não operado, a prevalência de deficiência da vitamina foi marcante. Não foi constatado significância em relação à prevalência da prática de exercício físico, às alterações da densidade mineral óssea e à dosagem de cálcio entre os grupos.
Resumo: Introduction: Every day the number of obese people in the world grows, and the demand for bariatric surgery accompanies this growth. Nutritional disturbances are often identified, as well as vitamin supplementation and poor physical activity. This management may trigger complications, such as loss of bone mineral quality. Objective: To analyze the profile of bone metabolism in patients before or after bariatric surgery using the Roux-en-Y gastric bypass technique performed at the Bariatric Surgery Service of the Clinical Hospital of the Federal University of Triângulo Mineiro, comparing the prevalence of vitamin supplementation, physical exercises and of possible abnormalities in the dosages of calcium, vitamin D and bone mineral density. Methods: Twenty-four patients were analyzed in a cross-sectional study and divided into two distinct groups, one who underwent bariatric surgery and the other who did not. Serum calcium, vitamin D and bone mineral density were compared and analyzed for prevalence of variables such as vitamin supplementation and exercise. Results: When the groups submitted or not submitted to surgery were tested and compared, a statistical difference was verified in relation to the BMI (p <0.001), higher prevalence of vitamin supplementation in the operated group (p = 0.008) and higher prevalence of changes in vitamin D (p = 0.011) in the non-operated group. On the other hand, there was no statistical difference regarding the prevalence of physical exercise practice between the groups (p = 0.973), BMD (p = 0.223) and calcium (p = 0.474). Conclusions: When comparing the groups about the use of vitamin supplementation, the operated group was more prevalent regarding the use of the medication, which suggests that the patient at the UFTM Obesity clinic complies with the proposed guidelines. This fact is associated to the condition of better control of vitamin D levels in this group, which presented lower prevalence of altered vitamin results, whereas in the non-operated group, the prevalence of altered dosages was marked. No significance was found regarding the prevalence of physical exercise among groups, changes in bone mineral density and calcium dosage.
Palavras-chave: Cirurgia bariátrica.
Cálcio.
Vitamina D.
Densidade mineral óssea.
Bariatric surgery.
Calcium.
Vitamin D.
Bone mineral density.
Área do CNPQ: Ciências da Saúde
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: BARINI, Bruno Finoti. Avaliação dos índices pré e pós-operatórios de cálcio, vitamina D e densitometria óssea em obesos submetidos ou não à cirurgia bariátrica no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. 2018. 54f . Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2018 .
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 13-Dec-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Bruno F Barini.pdfDissert Bruno F Barini1,71 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons