Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/864
Tipo: Tese
Título: Análise histomorfológica das alterações cutâneas ao longo do processo de envelhecimento
Autor: FAVARATO, Grace Kelly Naves de Aquino 
Primeiro orientador: CAVELLANI, Camila Lourencini
Primeiro co-orientador: TEIXEIRA, Vicente de Paula Antunes
Resumo: Introdução: É indubitável que a senescência afeta todos os órgãos e causa alterações diversas e distintas em cada um deles. Todas estas modificações apresentam repercussões na pele, considerada um marcador biológico do envelhecimento. Dessa forma, torna-se imprescindível distinguir os sinais advindos do processo natural de envelhecimento, ligado a fatores internos, daqueles aditivos de interferências externas, estabelecendo então as causas do envelhecimento biológico ou senescência e as causas do envelhecimento patológico ou senilidade. Objetivos: Analisar em três faixas etárias distintas (RNs, adultos e idosos), as alterações histomorfométricas da pele de pacientes autopsiados no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Métodos: Foram analisados 120 fragmentos de pele quanto à espessura da epiderme e derme, número de camadas e diâmetro dos queratinócitos, densidade de células de Langherans, porcentagem de fibras colágenas e elásticas, bem como suas dimensões fractais. A análise estatística foi realizada pelo programa SigmaStat® 2.03. Resultados: Notou-se alterações na epiderme ao longo da idade, justificada por aumento significativo da espessura da epiderme, número de camadas e diâmetro celular desde a fase fetal até a adulta, onde inicia-se um declínio até a faixa etária de idosos. Além disso, a derme também apresentou oscilação na sua espessura, nas fibras que a compõem e na sua disposição. Observou-se uma tendência de organização das fibras dérmicas, bem como na sua maturação, e aumento da quantidade com o avançar da idade até a fase adulta, gerando aumento da espessura dermal. Conclusão: pode-se concluir que a pele sofre numerosas alterações histomorfológicas em todas as suas camadas ao longo dos anos. Tais modificações se caracterizam por variação nas espessuras da epiderme e derme, bem como na organização e porcentagem das fibras dérmicas. Sendo assim, esse estudo fornece dados para um melhor entendimento acerca das transformações que ocorrem na pele durante a vida, e através de uma análise minuciosa e microscópica, pode-se compreender em quais faixas de idade tais alterações são mais relevantes.
Resumo: Introduction: It is undeniable that senescence affects all organs and causes diverse and distinct changes in each organ. All these changes have repercussions on the skin, considered a biological marker of aging. Thus, it is essential to distinguish the signs of the natural aging process, linked to internal factors, from those of external interferences, thus establishing the causes of biological aging or senescence and the causes of pathological aging or senility. Objectives: To analyze the histomorphometric alterations of the skin of autopsied patients at the Clinical Hospital of the Federal University of Triângulo Mineiro in three different age groups (RNs, adults and elderly). Methods: 120 skin fragments were analyzed for epidermal and dermal thickness, number of layers and diameter of keratinocytes, density of Langherans cells, percentage of collagen and elastic fibers, as well as their fractal dimensions. Statistical analysis was performed by SigmaStat® 2.03. Results: There were alterations in the epidermis throughout the age, justified by a significant increase in the thickness of the epidermis, number of layers and cell diameter from the fetal to the adult stage, where a decline begins until the age group of the elderly. In addition, the dermis also showed oscillation in its thickness, in the fibers that compose it and in its disposition. It was observed a tendency of organization of the dermal fibers, as well as in their maturation, and increase of the quantity with the advancement of the age until the adult phase, generating increase of the dermal thickness. Conclusion: It can be concluded that the skin undergoes numerous histomorphological changes in all its layers over the years. Such modifications are characterized by variation in the thickness of the epidermis and dermis, as well as in the organization and percentage of the dermal fibers. Thus, this study provides data for a better understanding of the transformations that occur in the skin during the life, and through a microscopic and meticulous analysis, one can understand in which age bands such changes are more relevant.
Palavras-chave: Pele.
Espessura.
Envelhecimento.
Skin.
Thickness.
Aging.
Área do CNPQ: Morfologia
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: FAVARATO, Grace Kelly Naves de Aquino. Análise histomorfológica das alterações cutâneas ao longo do processo de envelhecimento. 2019. 91f . Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2019 .
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 19-Jun-2019
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE Grace K N A Favarato.pdfTESE Grace K N A Favarato5,1 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons