Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/925
Tipo: Tese
Título: Estafilococos coagulase negativos isolados de pacientes com infecção de corrente sanguínea: aspectos microbiológicos e imunológicos
Autor: SILVA, Renata Beatriz 
Primeiro orientador: OLIVEIRA, Adriana Gonçalves de
Resumo: Estafilococos coagulase negativos (ECN) são os agentes mais frequentes de infecção de corrente sanguínea (ICS) e a resistência a antimicrobianos e a adesão bacteriana a biomateriais contribuem para a sua virulência. O objetivo deste trabalho foi estudar os aspectos microbiológicos e imunológicos dos ECN causadores de ICS em pacientes hospitalizados no HC-UFTM. As espécies foram identificadas por testes bioquímicos, confirmadas por PCR para os genes sep, mva e fbl. A avaliação da resistência a antimicrobianos foi avaliada por microdiluição e a presença do gene mecA por PCR. A produção de biofilme foi verificada por espectrofotometria e pesquisa dos genes icaAB e atlE. A indução de TNFα, IL-1β, IL-6, IL-8, IL-10 e IL-12 foi avaliada pela estimulação de PBMCs humanas com bactérias inativadas por calor e posterior dosagem por citometria de fluxo. Foram analisados 90 isolados de hemoculturas (n=68) e suabes (n=22), com 78,90% (n=71) S. epidermidis, 8,89% (n=8) S. haemolyticus, 3,33% (n=3) S. saprophyticus, 2,22% (n=2) S. cohnii, 2,22% (n=2) S. capitis, 2,22% (n=2) S. lugdunensis, 1,11% (n=1) S. hominis e 1,11% (n=1) de S. xylosus. Todas as amostras foram resistentes a oxacilina, com CIM ≥256µg/mL em 31,11% delas, apenas uma amostra foi negativa para o gene mecA e todas sensíveis à vancomicina, com CIM de 4µg/mL em 65,56%. Revelaram-se produtoras de biofilme 61,76% das amostras causadoras de ICS e 43,64% das colonizantes, sendo 30,83% das amostras do primeiro grupo e 40,91% do segundo com produção intensa (DO>3,000 UB) (p<0,01). Produção intensa e estatisticamente significante (p<0,01) ocorreu em 36,36% dos S. epidermidis. Foram positivos para icaAB 54,44% dos ECN e 76,67% para atlE, com diferença estatística significativa entre as espécies (p<0,0001). Níveis de IL-12 foram menores para ECN infectantes e significativamente maiores (p<0,05) para S. haemolyticus. Níveis significativamente maiores de IL-6 foram induzidos por S. epidermidis. Pode-se concluir que os ECN agentes de ICS apresentam S. epidermidis como espécie mais frequente; elevado padrão de resistência a oxacilina, mas sensibilidade à vancomicina; produção de biofilme, mas não essencialmente relacionada aos genes icaAB e atlE e as amostras mais virulentas foram capazes de gerar maior indução de mediadores da resposta imunológica.
Resumo: Coagulase-negative staphylococci (CNS) are the most frequent agents of bloodstream infection (BSI) and resistance to antimicrobial agents and bacterial adhesion to biomaterials contribute to its virulence. The objective of this work was to study the microbiological and immunological aspects of ECN causing ICS in patients hospitalized in HC-UFTM. The species were identified by biochemical tests and confirmed by PCR for sep, mva and fbl genes. Evaluation of antimicrobial resistance was done by microdilution tests and presence of mecA gene by PCR. Biofilm production was verified by spectrophotometry and research of icaAB and atlE genes. Induction of TNFα, IL-1β, IL-6, IL-8, IL-10 and IL-12 was assessed by stimulating human PBMC with heat-inactivated bacteria and subsequent determination by flow cytometry. A total of 90 isolates from blood cultures (n = 68) and swabs (n = 22) were analyzed, with 78.90% (n = 71) S. epidermidis, 8.89% (n = 8) S. haemolyticus, 3.33% (n = 3) S. saprophyticus, 2.22% (n = 2) S. cohnii, 2.22% (n = 2) S. capitis, 2.22% (n = 2) S. lugdunensis, 1, 11% (n = 1) S. hominis and 1.11% (n = 1) S. xylosus. All samples were resistant to oxacillin, with MICs ≥ 256μg/mL in 31.11% of them, only one sample was negative for the mecA gene and all were sensitive to vancomycin, with MIC 4μg/mL at 65.56%. Biofilm production was observed in 61.76% of the samples causing ICS and 43.64% of colonizing, and 30.83% of the samples in the first group and 40.91% in the second showed intense production (OD > 3.000 BU) (p <0.01). Strong and statistically significant (p <0.01) production occurred in 36.36% of S. epidermidis. The icaAB gene was positive in 54.44% of ECN and atlE in 76.67%, with a statistically significant difference between species (p < 0.0001). Levels of IL-12 were smaller for infective CNS and significantly greater (p < 0.05) for S. haemolyticus. Significantly higher levels (p < 0.05) of IL-6 were induced by S. epidermidis. It can be concluded that ECN agents of ICS feature S. epidermidis as the most frequent species; High levels of oxacillin resistance, but sensitivity to vancomycin; biofilm production, but not essentially related to icaAB and atlE genes and the most virulent strains were able to generate greater induction of immune response mediators.
Palavras-chave: Infecção.
Staphylococcus.
Fatores de virulência.
Infection.
Staphylococcus.
Virulence factors.
Área do CNPQ: Ciências da Saúde
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: SILVA, Renata Beatriz. Estafilococos coagulase negativos isolados de pacientes com infecção de corrente sanguínea: aspectos microbiológicos e imunológicos. 2014. 96f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 6-Feb-2014
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Renata B Silva.pdfTese Renata B Silva590,69 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons