Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/981
Tipo: Tese
Título: Desenvolvimento e avaliação da influência das vacinas de células dendríticas e células NK em modelo experimental induzido ao câncer de mama com células 4T1
Autor: ALVES, Eduardo Arthur Rodovalho 
Primeiro orientador: MICHELIN, Márcia Antoniazi
Primeiro co-orientador: MURTA, Eddie Fernando Cândido
Resumo: Introdução: Imunoterapias têm se tornado foco no tratamento de vários tipos de câncer, principalmente para o câncer de mama. A relevância em utilizá-la como tratamento, se faz, por intermédio da estimulação de células do sistema imune em reconhecer antígenos tumorais gerando respostas imunes específicas direcionadas contra estas células, impedindo a progressão tumoral. Objetivos: Objetivando avaliar o tratamento contra o câncer de mama induzido com células 4T1, em camundongos da linhagem Balb/C, utilizamos o protocolo de imunização com as vacinas de células dendríticas (DCs), e células Natural Killer (NK). Materiais e Métodos: Compuseram o estudo, camundongos do grupo controle, tumor sem tratamento, tumor tratados com vacina de células DCs e o grupo tumor tratados com vacina de células NK, o protocolo de tratamento foi realizado durante 3 semanas, ao término foram submetidos a eutanásia para remoção do baço e infiltrado tumoral. O material biológico foi preparado para realização da citometria de fluxo utilizando os marcadores de ativação das células NK, NKG2D, NKp46 e inibição Ly49G2, NKG2A/C/E, associado a cada um os marcadores para as citocinas, IL-10, IL- 2, IL-12, IL-17, IFN-γ e TNF-α. Resultados: Os resultados demonstraram que as células NK frente a imunoterapia com células DCs, influenciaram diretamente na resposta antitumoral, uma vez que, observamos maior expressão dos receptores de ativação NKp46 e NKG2D, e menor expressão dos receptores de inibição Ly49G2 e NKG2A/C/E, com a produção das citocinas IL-2, IL-10, IFN-γ, TNF-α e IL-12, indutoras da ativação de células NK e promotoras da ativação de outras células do sistema imune. Para o tratamento com a vacina de células NK, nossos achados mostram um desbalanço na expressão dos receptores de ativação e inibição, onde uma alta expressão dos receptores de inibição como o Ly49G2 leva a uma interferência na eliminação de células alvo com baixa expressão de MHC classe I. Conclusões: Concluindo nossos achados, demonstramos que a imunoterapia com DC é capaz de alterar o perfil das células NK, influenciando-as diretamente na resposta antitumoral, devido à expressão reduzida do receptor de inibição e ao aumento da produção de citocinas como TNF-α e IFN-γ estimulando o sistema imunológico a eliminar as células tumorais, porém, na imunoterapia com células NK a expressão aumentada do receptor de inibição Ly49G2, e a migração desse perfil fenotípico para o microambiente tumoral, impede que células NK sejam ativadas em associação a presença da IL-10, gerando um estado de dormência e contribuindo para a progressão do tumor.
Resumo: Introduction: Immunotherapies have become a focus in the treatment of several types of cancer, mainly for breast cancer. The relevance of using it as a treatment is done through the stimulation of cells of the immune system to recognize tumor antigens, generating specific immune responses directed against these cells, preventing tumor progression. Objectives: In order to evaluate the treatment against breast cancer induced with 4T1 cells, in Balb / C mice, we used the immunization protocol with dendritic cell (DC) vaccines and Natural Killer (NK) cells. Materials and Methods: The study comprised mice from the control group, untreated tumor, tumor treated with DC cell vaccine and the tumor group treated with NK cell vaccine, the treatment protocol was carried out for 3 weeks, at the end of which they were submitted to euthanasia to remove the spleen and tumor infiltrate. The biological material was prepared for flow cytometry using the cell activation markers NK, NKG2D, NKp46 and Ly49G2, NKG2A/C/E inhibition, associated with each one of the markers for cytokines, IL-10, IL-2 , IL-12, IL-17, IFN-γ and TNF-α. Results: The results demonstrated that the NK cells in the face of immunotherapy with DC cells, directly influenced the antitumor response, since we observed greater expression of the activation receptors NKp46 and NKG2D, and less expression of the inhibitors of Ly49G2 and NKG2A/C/E, with the production of cytokines IL-2, IL-10, IFN-γ, TNF-α and IL-12, inducing the activation of NK cells and promoting the activation of other cells of the immune system. For treatment with the NK cell vaccine, our findings show an imbalance in the expression of activation and inhibition receptors, where a high expression of inhibitory receptors such as Ly49G2 leads to an interference in the elimination of target cells with low expression of MHC class I. Conclusions: Concluding our findings, we demonstrate that immunotherapy with DC is able to alter the profile of NK cells, directly influencing the antitumor response, due to the reduced expression of the inhibitor receptor and the increase in the production of cytokines such as TNF-α and IFN- γ stimulating the immune system to eliminate tumor cells, however, in immunotherapy with NK cells the increased expression of the Ly49G2 inhibitory receptor, and the migration of this phenotypic profile to the tumor microenvironment, prevents NK cells from being activated in association with the presence of IL -10, generating a state of numbness and contributing to the progression of the tumor.
Palavras-chave: Células NK.
Sistema Imune.
Imunoterapias.
Câncer de mama.
NK cells.
Immune System.
Immunotherapies.
Breast cancer.
Área do CNPQ: Imunologia Aplicada
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: ALVES, Eduardo Arthur Rodovalho. Desenvolvimento e avaliação da influência das vacinas de células dendríticas e células NK em modelo experimental induzido ao câncer de mama com células 4T1. 2020. 88f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 20-Jan-2020
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Eduardo A R Alves.pdfTese Eduardo A R Alves2,08 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons