Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/460
Tipo: Dissertação
Título: O perfil profissional docente dos egressos da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Uberlândia-MG
Autor: CALEGARI, Carmen Regina 
Primeiro orientador: SIMOES, Regina Maria Rovigati
Resumo: A formação inicial é uma etapa para adquirir conhecimentos para o exercício da profissão e os egressos na área de Educação Física devem compreender as possibilidades de suas ações buscando desenvolver e aprimorar maneiras de compreender e de atuar profissionalmente. Com o objetivo de analisar a trajetória profissional dos egressos de 1990 a 1994 do curso de Educação Física da Universidade Federal de Uberlândia – FAEFI/UFU e as impressões sobre sua formação acadêmica, este estudo de natureza qualitativa foi realizado com 67 egressos, os quais responderam a um questionário de perguntas abertas e fechadas com o propósito de delinear o perfil do grupo pesquisado e traçar aspectos de sua trajetória formativa e profissional. As questões fechadas foram analisadas pela frequência descritiva e as abertas pela Análise de Conteúdo de Bardin (1977). Os resultados mostraram que a maioria é do sexo feminino (73%), tem em média 46 a 50 anos (69%), 53% têm de 21 a 25 anos de profissão, 87% possuem pósgraduação, 88% buscam cursos de atualização, 91% participam de congressos científicos e para 64% dos egressos o envolvimento anterior com a área foi o principal motivo para cursar Educação Física. A expectativa profissional era atuar nas duas áreas (40%), seguido da área informal (33%). Em relação à formação inicial e à entrada no mercado de trabalho, a maioria (61%) dos egressos afirmou que os conhecimentos adquiridos no curso não foram suficientes para atuar profissionalmente na área, bem como não houve influência na escolha do campo de atuação(51%). Para 54% dos egressos o currículo da formação foi pouco adequado à realidade. Apesar disto, 81% atuam na área e o principal motivo dos que desistiram da carreira foi por problemas relacionados à saúde (31%). Dos egressos atuantes, 79% estão trabalhando no ensino formal, sendo que a maioria, nas escolas de ensino básico, 85% possuem cargo de professor e a profissão é a única fonte de renda (83%). O que mais motivou os participantes a atuarem na área que se encontram hoje foi a oportunidade de passar em concurso público (busca pela estabilidade), dado esse confirmado por 50% dos egressos.Em relação à satisfação ou não com a área, o total de 44% afirmou estar satisfeito erealizado profissionalmente. Concluímos que necessitamos de boas políticas para que a formação inicial assegure aos profissionais as competências que serão necessárias durante a longa, flexível e variada trajetória profissional. Para isso, as IES devem repensar seus currículos de formação profissional (não apenas criando modelos diferenciados de formação ou reformulando currículos), mais adequados aos desafios domundo contemporâneo, já que a graduação representa a etapa inicial de um longo e amplo processo de formação continuada e permanente do futuro profissional.
Resumo: The initial formation is a step to acquire knowledge to exercise the profession, and alumni from the area of Physical Education must comprehend the possibilities of their actions, looking to develop and enhance ways of understanding and acting professionally. With the objective of analyzing the professional trajectory of the alumni from 1990 and 1994 of the Physical Education Bachelors Course at the University of Uberlândia – FAEFI/UFU and the perceptions about their academic formation. This study, of qualitative nature, was done with 67 graduates, whom answered a questionnaire of open and closed-ended questions, with the intent of delineate the profile of the researched group, and draw aspects of their formative and professional path. The closed-ended questions were analyzed by descriptive frequency, and the open-ended ones by Bardin’s Content Analysis (1977). Results have shown that the majority of the alumni are female (73%), on average from 46 e 50 years old (69%), 53% are between 21 and 25 of professional experience, 85% have post-grad certificates, 88% are looking for updates in their education, 91% are actively participating on scientific congresses and for 64% of the graduates, previous involvement with the area was the main reason to study Physical Education.The professional expectation was to work in both areas (40%), followed by informal work (33%). In regards to the initial formation and entering the job market, the majority (61%) of the alumni affirmed that the knowledge they acquired on their Bachelor’s Degree were not sufficient for their professional work life, as well as there was no influence on their work field of choice (51%). For 54% of the graduates, the curriculum of their Bachelors was not adequate to reality. Despite that, 81% work on the field and the main reason for a career drop out was health related problems (31%). Of the acting alumni on the field, 79% are currently working on the formal labor market, being the most on primary schools, 85% are teachers and the profession is their only source of income (83%). The factor that motivated the most the participants to work on their current area was the opportunity of working as government officials (recruited by tender exams, which provides job stability), this data being confirmed by 50% of the alumni. In regards to the satisfaction or not with the area, all 44% said they are satisfied and that they consider themselves professionally fulfilled. Bearing that in mind, we come to the conclusion that we need good politics in order for the initial formation assures professionals the skills they will require during their long, flexible and diverse professional trajectory. For that, the Higher Education Institutes must rethink their curricula (not only creating different models of formation or remodeling curricula), but adaptingit to the current challenges of the world, since an Undergraduate course represents the first step into a long and broad process of continued and permanent formation of the professional life.
Palavras-chave: Egressos.
Formação profissional.
Perfil profissional.
Atuação profissional.
Alumni.
Professional Formation.
Professional Profile.
Professional Activities.
Área do CNPQ: Educação Física
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Educação Física
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citação: CALEGARI, Carmen Regina. O perfil profissional docente dos egressos da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Uberlândia-MG. 2017. 126f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2017.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 22-Sep-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Carmem R Calegari.pdfDissert Carmem R Calegari1,43 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons