Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/688
Tipo: Dissertação
Título: Gestão e gerenciamento das soluções parenterais de grande volume no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Autor: LUZ, Andréia Marega 
Primeiro orientador: FERREIRA, Deusmaque Carneiro
Primeiro co-orientador: FUZARO, Caroline Santos Capitelli
Resumo: As atividades humanas geram uma diversificada gama de resíduos que quando dispostos de forma inadequada degradam o meio ambiente e expõem a população a sérios riscos de saúde, especialmente dos resíduos de serviços de saúde (RSS). O objetivo do presente estudo foi avaliar a gestão e o gerenciamento das Soluções Parenterais de Grande Volume (SPGV) no Hospital de Clínicas (HC) da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). As SPGV foram identificadas por meio de um inventário realizado no almoxarifado do HC-UFTM. Empregou-se métodos analíticos clássicos (análises titulométricas) e instrumentais (fotômetro de chama) para a quantificação dos eletrólitos constituintes de cada amostra vencida e não-vencida. A análise microbiológica das SPGV vencidas e não vencidas foi realizada a partir da técnica de Pour Plate. A avaliação da gestão foi realizada por meio de um roteiro de observação baseado na legislação vigente e por meio da aplicação de questionários aos servidores do HC-UFTM envolvidos diretamente com o gerenciamento das SPGV. Foram inventariadas 6,3 toneladas de SPGV vencidas. As análises químicas mostraram que não houve diferença estatística (p<0,05) para as concentrações de eletrólitos presentes nas amostras vencidas e não-vencidas. Não houve crescimento microbiano nas amostras de SPGV vencidas e não vencidas. A análise dos questionários mostrou que a maioria dos entrevistados não conhece a legislação específica sobre resíduos de serviços de saúde e nem o Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS) do HC-UFTM. Diante do exposto, é preciso investir em capacitação dos servidores sobre a gestão e o gerenciamento de resíduos de serviços de saúde, especialmente os resíduos do grupo B. Além disso, é necessário propor novas alternativas de destinação final ambientalmente adequada para as SPGV vencidas, a fim de minimizar os riscos à saúde pública e os severos impactos sobre a qualidade ambiental e gerar economia para o hospital de clínicas.
Resumo: The Human activities generate a diverse range of waste that, when disposed in an improper way, degrade the environment and expose the population to serious health risks, especially the health care waste (HCW). The objective of the present study was to evaluate the management of Large Volume Parenteral Solutions (LVPS) at the Hospital de Clinicas (HC) of the Federal University of Triângulo Mineiro (UFTM). The LVPS were identified through an inventory that was performed at HC-UFTM warehouse. Standard analytical methods (titulometric analysis) and instrumental (flame photometer) were used to quantify the constituent electrolytes of each past due and non-overdue sample. The microbiological analysis of expired and non-overdue LVPS was performed using the Pour Plate technique. The management evaluation was performed through an observation roadmap based on the current legislation and through the application of questionnaires to the HC servants who work directly or involved with the LVPS. There were inventoried 6.3 tons of overdue LVPS. The chemical analysis showed that there was no statistical difference (p <0.05) for the concentrations of electrolytes present in the past due and non-overdue sample. There was no microbial growth in the past and non-overdue SPGV samples. The analysis of the questionnaires showed that the majority of the interviewees do not know about the specific legislation on health care waste or the Health Services Waste Management Plan (HSWMP) of HC. Considering the above, it is necessary to invest in server training on the management and health service waste management, especially the waste from group B, in addition, the overdue LVPS, a decision-making process to address the risks related to environmental quality and generate savings for hospital clinics.
Palavras-chave: Resíduos de serviços de saúde.
Soluções vencidas.
Resíduos químicos do grupo B.
Eletrólitos.
Servidores.
Waste health services.
Overdue solutions.
Chemical residues of group B.
Electrolytes.
Servers.
Área do CNPQ: Ciências da Saúde
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental
Citação: LUZ, Andréia Marega. Gestão e gerenciamento das soluções parenterais de grande volume no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. 2018. 96f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental) - Programa Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
Data do documento: 13-Aug-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Andréia M Luz.pdfDissert Andréia M Luz1,94 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons