Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/696
Tipo: Dissertação
Título: Conhecimento sobre HIV/AIDS e o uso dos serviços de saúde de usuários idosos da Estratégia Saúde da Família
Título(s) alternativo(s): Knowledge about HIV / AIDS and the use of the health services of elderly users of the Family Health Strategy
Autor: NARDELLI, Giovanna Gaudenci 
Primeiro orientador: SANTOS, Álvaro da Silva
Resumo: O objetivo deste estudo é avaliar o conhecimento sobre HIV/AIDS e o uso e acesso aos serviços de saúde dos usuários idosos nos serviços de saúde ofertados pela Estratégia de Saúde na Família. Trata-se de um estudo de caráter observacional e descritivo, transversal e de abordagem quantitativa. A pesquisa foi realizada no domicílio do idoso ou em local previamente acordado entre pesquisador e participante da pesquisa. A população do estudo foi composta por idosos (indivíduos com idade igual ou superior a 60 anos), cadastrados em uma equipe de ESF da área urbana do município de Uberaba-MG há pelo menos 06 meses, que foram atendidos na referida unidade de saúde da ESF em no mínimo uma ocasião. O cálculo amostral resultou em um mínimo de 228 indivíduos. Foi realizado o cadastro dos idosos em um banco de dados e posteriormente realizada o sorteio aleatório dos participantes. Além do MEEM, para rastreio cognitivo, a coleta de dados utilizou o questionário QHIV3I e um questionário sociodemográfico. A análise consistiu em etapas univariadas (frequências e medidas de variabilidade e tendência central), bivariadas (teste t de amostras independentes) e multivariadas (regressão linear múltiplas). Em relação ao conhecimento sobre o HIV/aids, identificou-se lacunas no conhecimento, principalmente no que se refere a transmissão e apresentação da doença. Como preditores do conhecimento foi identificado que a escolaridade, renda familiar, tipo de serviço que procura, vida sexual e sexo são variáveis que podem influenciar o conhecimento, com destaque primeiramente para tipo de serviço, e em segundo lugar a escolaridade, vida sexual e sexo. A verificação do nível de conhecimento dos idosos a respeito da infecção evidencia que eles não têm informação suficiente quanto aos fatores de risco, o que pode contribuir para o aumento da infecção pelo HIV nessa faixa etária. A sexualidade nessa faixa etária ainda é vista através de muitas crenças e mitos. Esses resultados, espera-se, demonstrarão que é necessário capacitar os profissionais da área da saúde.
Resumo: The objective of this study is evaluating the knowledge about HIV/AIDS of elderly users of the health services offered by the Family Health Strategy. It is an observational, descriptive, cross-sectional and quantitative study. The research was conducted in the house of the elders or in a place previously agreed upon by both the researcher and the research participants. The population of the study was made up by elders (60-year-old or older people), who had been registered in an FHS team in the metropolitan area of the city of Uberaba-MG for at least six months, and were cared for in the FHS unit in at least one occasion. A sample calculation resulted in a minimum number of 228 participants. The elders from the records of the FHSs were registered in a database and later randomly selected to participate. In addition to the MMEE, to conduct a cognitive analysis, data collection used the QHIV3I and a sociodemographic questionnaire. The analysis consisted of univariate stages (frequencies and measures of variability and central tendency), bivariate (t-test of independent samples), and multivariate ones (multiple linear regressions). Regarding the knowledge about HIV/AIDS, gaps were found in the knowledge of the elders, especially when it comes to the transmission and presentation of the disease. The variables education, family income, type of service sought, sexual life and gender were identified as possible influences on knowledge, being first among them the type of service, followed by education, sexual life and gender. The level of knowledge of the elders about the infection makes it clear that they do not have enough information when it comes to risk factors, which may contribute to an increase in HIV infections in this age group. Sexuality in this age group is seen through the lens of many beliefs and myths. These results are hoped to demonstrate the need of properly training the health professionals.
Palavras-chave: Idoso.
Estratégia Saúde da Família.
HIV.
Conhecimento.
Aged.
Family Health Strategy.
HIV.
Knowledge.
Área do CNPQ: Enfermagem
Idioma: por
País: Brasil
Editora / Evento / Instituição: Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Sigla da instituição: UFTM
Departamento: Instituto de Ciências da Saúde - ICS::Curso de Graduação em Enfermagem
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde
Citação: NARDELLI, Giovanna Gaudenci. Conhecimento sobre HIV/AIDS e o uso dos serviços de saúde de usuários idosos da Estratégia Saúde da Família. 2018. 92f. Dissertação (Mestrado em Atenção à Saúde) - Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Data do documento: 16-Jan-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção à Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert Giovanna G Nardelli.pdfDissert Giovanna G Nardelli1,35 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons